Estudo relaciona risco de desenvolver diabetes a conservante comum em embutidos

Não é novidade que o consumo em excesso de alimentos ultraprocessados faz mal à saúde. Porém, uma nova pesquisa descobriu que o nitrito de sódio, um conservante alimentício encontrado em alimentos como salsicha, presunto, salame e bacon, pode aumentar em até 27% a chance de ter diabetes tipo 2. Além disso, pode aumentar o risco de câncer de intestino, câncer de mama e câncer de próstata.

Para chegar a essa conclusão, pesquisadores franceses investigaram as dietas de 104.168 adultos na França entre 2009 e 2021. Os participantes foram divididos em três grupos com base na quantidade de consumo de nitrito: 3,3 mg por dia ou menos; 5,1 mg por dia ou menos; e 8,6 mg por dia ou menos.

Saiba mais: Oito maneiras de controlar a vontade de comer doces

Os resultados foram publicados recentemente na revista científica PLOS Medicine e mostraram que há um risco significativamente maior de desenvolvimento do diabetes tipo 2 entre aqueles que consumiram mais o nitrito de sódio. Para Bernard Srour, autor do estudo e pesquisador da Sorbonne Paris Nord University, não é recomendado o consumo de mais de 70 g de carne processada por dia, o que seria equivalente a uma fatia e meia de bacon.

...

Veja mais


Veja também

Diabetes: o que é, tipos, sintomas e remédios
Diabetes tipo 2: o que é, sintomas, tratamentos e causas
Horário dos seus exercícios pode te ajudar a controlar o açúcar no sangue: qual o melhor?
Ozempic: é seguro usar o remédio de diabetes para emagrecer?
Estudo relaciona risco de desenvolver diabetes a conservante comum em embutidos