Estrelas de Hollywood voltam ao tapete vermelho após longo jejum

·3 minuto de leitura

Durante o último ano, as estrelas mais brilhantes da constelação hollywoodiana foram obrigadas a vestir suas roupas de gala em suas salas de estar para agradecer os prêmios ou vestiram pijamas de luxo. Neste domingo (25), elas voltaram ao tapete vermelho do Oscar.

E embora as mulheres estivessem deslumbrantes como sempre, os homens - talvez inspirados pelo vestido-smoking do ator Billy Porter nos Prêmios da Academia há dois anos - eles tiraram do armário seus melhores trajes de gala.

Confira alguns dados do tapete vermelho, o primeiro desfile de moda relativamente importante em Hollywood desde que a pandemia do novo coronavírus eclodiu, no começo de 2020.

- Do preto ao rosa intenso -

Leslie Odom Jr, duplamente indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante e de melhor canção original por "Uma noite em Miami", tinha uma aparência similar à estatueta dourada que esperava levar para casa, com um reluzente terno Brioni de dupla abotoadura.

Daniel Kaluuya, ganhador do Oscar de melhor ator coadjuvante por sua interpretação do líder do Panteras Negras Fred Hampton em "Judas e o Messias Negro" vestiu camiseta preta e smoking de Bottega Veneta.

E Colman Domingo, que dividiu o protagonismo com as indicadas Viola Davis e o falecido Chadwick Boseman em "A Voz Suprema do Blues", acrescentou um toque de cor vestindo uma roupa cor-de-rosa intenso.

Paul Raci, indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante por seu trabalho em "O Som do Silêncio", pintou as unhas de preto.

- Mulheres brilhantes -

Odom não foi o único que optou pelo dourado no Oscar.

Carey Mulligan, indicada a melhor atriz por sua interpretação de uma estudante de medicina que se vinga do estupro sofrido pela amiga em "Bela Vingança", brilhou com um vestido dourado sem alça, com a barriga de fora e longa cauda.

E a cantora Andra Day, indicada na mesma categoria pelo retrato de Billie Hollyday em "The United States vs. Billie Holiday", optou por um atrevido vestido dourado com enorme fenda no centro.

- Vestidas de branco -

Juntamente com Mulligan e Day, Viola Davis aspirava ao prêmio de melhor atriz por "A Voz Suprema do Blues" e foi ao Oscar com um decotado vestido branco sem mangas de Alexander McQueen com cortes sensuais em todo o corpete.

A atriz búlgara Maria Bakalova, indicada pela primeira vez na categoria melhor atriz coadjuvante por "Borat 2: Fita de Cinema Seguinte", também apostou no branco, chegando à atmosfera vermelha com um vestido branco de princesa de Louis Vuitton com decote pronunciado e saia de tule.

- Feixes de luz -

Apesar dos muitos vestidos em branco, preto básico ou tons apagados, algumas atrizes apostaram no glamour da velha Hollywood em cores brilhantes.

Halle Berry, ganhadora do Oscar de melhor atriz em 2002 e apresentadora neste domingo, apareceu com os cabelos com novo corte curto e um vestido púrpura sem alças.

A apresentadora Angela Bassett surpreendeu com vestido vermelho brilhante com uma fenda na parte da frente e mangas bufantes que se uniam nas costas com um enorme laço.

"Isto é Natal em Hollywood", disse Bassett no tapete vermelho.

bur-sst/bgs/ll/mvv