Estrela da NFL, Deshaun Watson é acusado de assédio sexual

Redação Esportes
·1 minuto de leitura
HOUSTON, TEXAS - DECEMBER 27: Quarterback Deshaun Watson #4 of the Houston Texans walks off the field after a 37-31 loss to the Cincinnati Bengals at NRG Stadium on December 27, 2020 in Houston, Texas. (Photo by Carmen Mandato/Getty Images)
Deshaun Watson depois de partida da NFL na última temporada (Carmen Mandato/Getty Images)

O quarterback do Houston Texans, Deshaun Watson, é alvo de pelo menos sete processos de mulheres que o acusam de abuso e assédio sexual. Quatro deles foram registrados na noite de quinta (18), após a NFL anunciar que abriria uma investigação sobre os três casos que já haviam sido noticiados.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Todos os processos registram a mesma dinâmica, de que Watson praticou os assédios durante sessões de massagem. Segundo as profissionais, o jogador colocou seu órgão sexual à mostra, tocando elas com seu pênis ou forçou beijos contra a vontade delas.

Leia também:

O advogado Tony Buzbee, que representa as sete mulheres que já registraram processos, afirmou em uma coletiva de imprensa nesta sexta (19) que espera entrar com mais ações contra o jogador. No momento, a empresa de Buzbee está checando informações de mais casos.

Na última terça (16), Watson se pronunciou sobre as acusações, afirmando que "nunca tratou uma mulher sem o máximo de respeito". O jogador ainda acusou Buzbee de oferecer um acordo antes de entrar com as ações, pedindo um valor de seis dígitos. 

Com 25 anos, Watson é um dos principais quarterbacks da NFL e vive um momento curioso após afirmar que não jogaria mais pelos Texans. A franquia conta com o jogador e afirma que ele é o líder do time, mas ele não está interessado em seguir em Houston.