Estilista Jean Paul Gaultier se despedirá das passarelas em Paris

PARIS (Reuters) - O estilista francês Jean Paul Gaultier disse nesta sexta-feira que um desfile marcado para a semana que vem em Paris será seu último, após uma carreira de 50 anos nas passarelas que lhe rendeu a reputação de "bad boy" da indústria.

"Comemorarei meu 50º aniversário na moda com um grande desfile de Alta Costura", informou Gaultier em um comunicado breve.

"Fiquem tranquilizados de que a Gaultier Paris continuará, com um novo projeto do qual sou o instigador, e que será revelado a vocês muito em breve."

Não foi possível contatar sua grife para obter maiores comentários.

Gaultier, de 67 anos, cuja primeira coleção individual foi apresentada em 1976, é conhecido há muito tempo por romper as barreiras da moda, borrando as fronteiras entre moda masculina e feminina.

Seu estilo irreverente e sua reputação de provocador lhe trouxeram fama e desprezo de outros estilistas. Em 2018, por exemplo, ele produziu uma linha irônica inspirada em cigarros.

Gaultier é conhecido sobretudo por suas peças sensuais e seus figurinos de palco, como um sutiã cônico usado pela cantora Madonna.

Nos últimos anos ele apresentou coleções mais frequentes, concentrando-se em produzir variações únicas exibidas nas semanas de moda de Alta Costura de Paris.

(Por Matthias Blamont)