Esses TRÊS parâmetros são melhores para avaliar sua saúde do que o IMC

O índice de massa corporal (IMC) ainda é muito utilizado como medida para estimar o estado de saúde nutricional de uma pessoa, com base em seu peso e altura. Mas, embora possa servir de parâmetro em uma consulta, ele é extremamente limitado quando se trata de prever a condição real da saúde de alguém — uma vez que não leva em conta uma série de variáveis que podem ser mais úteis e confiáveis para um diagnóstico.

Segundo o endocrinologista Roberto Zagury, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, em artigo para o MinhaVida, o IMC nem sempre representa a realidade de uma pessoa, já que não leva em consideração a composição do peso corporal.

“É importante lembrar que a massa corporal é formada por água, gordura, músculos e ossos, e tudo isso precisa ser bem avaliado para medir a saúde de alguém corretamente”, explica o especialista.

No caso de uma pessoa halterofilista, por exemplo, o IMC será muito alto, mas isso não reflete em obesidade, já que a maior parte de sua massa corporal é formada por musculatura, que é mais pesada que a gordura.

Portanto, separamos três parâmetros que podem prever melhor o seu condicionamento físico e saúde nutricional do que o IMC. Conheça cada um a seguir:

1 - Porcentagem de gordura corporal

...

Veja mais


Veja também

IMC: tabela e como calcular
Injeção para emagrecer: Anvisa aprova novo medicamento para tratar obesidade
Regra dos 80%: do que se trata esse "segredo" dos japoneses para sempre manterem o peso?
Casos de câncer em pessoas abaixo dos 50 estão crescendo
30% dos brasileiros e 1 bilhão no mundo serão obesos em 2030