Esposa de Stênio Garcia rebate acusações de maus tratos: "Tem só amor e respeito"

Stênio Garcia e Marilene Saade deram primeira entrevista após repercussão negativa de vídeo (Foto: Globo/Alex Carvalho)
Stênio Garcia e Marilene Saade deram primeira entrevista após repercussão negativa de vídeo (Foto: Globo/Alex Carvalho)

O ator Stênio Garcia e a esposa, Marilene Saade, deram a sua primeira entrevista após um vídeo polêmico circular nas redes sociais e gerar críticas a ela. Nas imagens, Marilene interrompe uma entrevista e força o marido a colocar uma máscara de proteção de maneira brusca.

Acusada de maus tratos, ela se defendeu das críticas: "O Brasil inteiro está me acusando de relacionamento abusivo, de relacionamento tóxico, [dizendo] que eu faço alienação na sua cabeça. Dizem que te maltrato fora das câmeras. E na nossa relação tem só amor, respeito, empatia. Eu trato ele como um príncipe", declarou ao lado do marido em entrevista ao "Domingo Espetacular", da Record, que vai ao no domingo (17) a partir das 19h30.

Na conversa, Stênio Garcia justificou o comportamento da esposa: "Eu às vezes sou meio rebelde e ela precisa me forçar a algumas coisas", afirmou o ator. No momento polêmico, o ator falava com um repórter do programa "A Tarde é Sua!", da RedeTV!, durante o lançamento do livro "Nicette Bruno: Mãe de Todos". Marilene interrompe a conversa, pede desculpas e continua:

“Não pode pegar coronavírus! Você não pegou até agora!”, esbravejou ela. “Desculpa, acabou”, disse a mulher do artista para o repórter, que estava ao vivo e fez questão de expressar o constrangimento que sentiu.

Enquanto era levado à força por Marilene, Stênio chegou a gritar por socorro e pediu algumas vezes para que pudesse finalizar a conversa. Nas redes sociais, os internautas criticaram a postura da atriz e classificaram o relacionamento dos dois como abusivo.

Devido à repercussão negativa do caso, o casal se pronunciou pelas redes sociais — ele por texto e ela por vídeo. "Contando a verdade para pararem de julgar quem estava zelando por mim. Mari só estava cumprindo a ordem dos meus médicos e eu me empolguei, tirei a máscara. Ela, ao ver, foi recolocar com toda razão. Eu sou matuto e teimoso, mas ela estava fazendo o que tinha que fazer e ela cuida de mim 24 horas por dia", disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos