Espectadores ficam enfurecidos com o que este programa da BBC disse sobre as mulheres no Intagram

Vida e Estilo International

A internet é um lugar notoriamente perigoso para quem é mulher, com ataques misóginos em todas as plataformas sociais – do Twitter ao Instagram e até o Reddit – em que mulheres famosas são vítimas de um padrão duplo de gênero, pelo qual são ridicularizadas e julgadas com mais severidade quando tiram fotos reveladoras de si mesmas (lembra o escândalo do site 4Chan envolvendo hacking alguns anos atrás?).

E esse é o tema de um novo documentário de 20 minutos da BBC Three, You’ve Been Shamed, que foi ao ar no iPlayer esta semana. Ele promete uma “abordagem com amor rigoroso, no intuito de fazer as ‘infratoras’ descomedidas das redes sociais confrontarem a impressão que estão realmente passando com as fotos que publicam on-line”.

Com a ajuda da DJ e influenciadora digital do sul de Londres, Yinka Bokinni, e da influenciadora de moda Sophie Milner, ele expõe algumas duras verdades sobre a presença das participantes nas redes sociais, antes de afixar suas “piores” e “mais chocantes” fotos numa galeria real, pedindo ao público para julgá-las. “Demora apenas sete segundos para causar uma primeira impressão”, diz o narrador do programa na introdução, acrescentando que, se você estiver publicando fotos sensuais, “pode estar causando muito mais danos do que imagina, mas felizmente estamos aqui para ajudar”.

Entre as participantes, está Tara, 21 anos, da cidade Glasgow na Escócia, com 2.800 seguidores no Instagram e uma tendência particular para publicar fotos de seus atributos físicos numa atitude do tipo “Tudo que é bonito é para se mostrar”. Mas seu namorado não é tão fã de suas publicações “provocativas e atrevidas”, e membros do público são mostrados dizendo que ela parece uma “meretriz desesperada” e “tão excessivamente sensual que chega a ser embaraçoso”.

As influenciadoras também tiveram muito a dizer sobre o feed da moça. “Se não quiser atrair o tipo errado de atenção, basta pensar. Quando você publica uma foto, qualquer pessoa no mundo pode vê-la. Então pense em como você quer ser vista”, aconselha Bokinni.

O objetivo do programa, aparentemente, é “pegar os usuários menos apologéticos das redes sociais da nação e confrontá-los com a impressão que realmente estão passando”. Uma ideia intrigante o suficiente para um pequeno documentário, pode-se pensar, mas muitos espectadores disseram que a execução deixou muito a desejar.

Críticos no Twitter disseram que o programa simplesmente perpetuou o padrão duplo de gênero, em que as mulheres são mais duramente julgadas do que os homens por publicarem fotos reveladoras de si mesmas on-line, além de encorajar a ridicularização nas redes sociais ao invés de lidar com o problema.

Muito desapontada com o programa ‘You’ve been shamed’ da @bbc – em tempos delicados, de culpabilização da vítima quanto ao assédio sexual e violência, atitudes negativas e julgamentos contra a forma como as mulheres se apresentam são muito prejudiciais para as pessoas e a sociedade. #culturadoestupro

O programa da BBC3 chamado “You been shamed” é horrível, basicamente apenas ridicularizam a garota por publicar fotos “sexy” no Instagram. O namorado da garota não gostava que ela publicasse fotos de calcinha e sutiã, mas acabo de ver o Insta dele, e ele publica inúmeras fotos dele, seminu, na academia. Os homens são uma merda

Com 8 minutos, o “You Been Shamed” da BBC3 convida pessoas aleatórias a soltar absurdos arcaicos sobre como as mulheres não podem ser sensuais se quiserem ser respeitadas como seres humanos, usando uma GALERIA DE ARTE DE VERDADE PARA RIDICULARIZAR A PESSOA.

“You’ve been shamed” na BBC. Por que passamos tanto tempo nos empenhando em dar poder às mulheres para essa gente acabar com essa pobre garota? Eu entendo completamente a pegada digital, mas ela é adulta e escolheu as fotos que quer publicar!

Alguns enfatizaram a opinião de que as pessoas deveriam ser livres para fazer o que quiserem on-line, sem julgamento, se não estiverem prejudicando ninguém assim como Tara.

Acabo de tentar assistir ao programa “You’ve been shamed” da @bbcthree, e tive que desligar aos 10 minutos. Essa garota está confortável sendo quem é, e eles convidam um monte de estranhos para julgar a aparência que ela deseja ter. É repugnante. Uma forma de acabar com a autoestima das garotas

Realmente achei que o programa traria uma visão educativa sobre as redes sociais. No entanto, eles apenas pegam estranhos – que não têm ideia de quem você é – para dizer coisas horríveis sobre você a fim de que você mude para agradar a eles. MDS

No que a BBC está pensando ao fazer o #youvebeenshamed? Esse programa traz o pior da sociedade, e não é da maneira que eles estão pensando.

Genial, vamos pegar uma jovem, expor as fotos de suas redes sociais numa galeria de arte e debochadamente convidar um grupo de bisbilhoteiros e enxeridos para julgá-la. VSF. BBC, isso não é progresso.

Esse novo programa “You’ve Been Shamed” da BBC é horrível! Um ataque patriarcal e unilateral à liberdade de expressão.

Num momento em que as agência reguladora de propagandas do Reino Unido parece estar proibindo as empresas de perpetuarem estereótipos de gênero prejudiciais em suas campanhas, e a população está cada vez mais desperta para a violência contra as mulheres em nossa sociedade, é uma vergonha a BBC não ter aproveitado a oportunidade de enfrentar o sexismo que sustenta a ridicularização on-line.

Natalie Gil

Refinery 29 UK