ESO: Firesong traz conclusão à saga Legacy of the Bretons com epílogo conectado a High Isle

A expansão Firesong de The Elder Scrolls Online (ESO) chega agora em novembro para encerrar a jornada anual The Legacy of the Bretons, trazendo consigo também o epílogo que amarra a história iniciada pela expansão High Isle. O novo DLC levará jogadores a Galen, no arquipélago Systres, onde o Ascendant Order, o grupo druida Firesong, piratas marinhos e mais entram em conflito.

Em uma sessão guiada pelos desenvolvedores, o IGN Brasil explorou um pouco de Galen e conhecer um pouco mais da aventura que aguarda os jogadores. Jeremy Sera, o Lead Content Designer, e Jason Barnes, o Lead Designer - Zone Lead mostraram detalhes da geologia da ilha e os seres e pessoas que ali habitam.

Galen. Imagem: Divulgação
Galen. Imagem: Divulgação

O local é menos intocado pela humanidade e, portanto, conta com mais natureza selvagem. O conteúdo introduz algumas novidades em termos de inimigos, como uma quimera – este, curiosamente, é uma versão Elder Scrolls de uma quimera.

Quimera de Elder Scrolls Online. Imagem: Divulgação
Quimera de Elder Scrolls Online. Imagem: Divulgação

Um dos inimigos em destaque são os piratas representados pela raça de Sea Elfs, também conhecidos na lore como Maormer. Questionei Jeremy se a equipe pensou em trazer, enfim, os Maormer como uma espécie jogável a ESO e, ele disse: “Sim [pensamos]. Eles são a minha raça preferida. Adicioná-los é uma vontade nossa. Eu amo a ideia de poder explorar eles melhor.” Apesar disso, ele informou que, por enquanto, não há planos para incluir os Maormer como uma raça jogável.

A mesma coisa vale para ...

ESO: Firesong traz conclusão à saga Legacy of the Bretons com epílogo conectado a High Isle
Leia Mais

Confronto entre Goku de Dragon Ball e Saitama de One-Punch Man vira realidade