Escritor Sérgio Sant'Anna é internado com sintomas de Covid-19 no Rio

MAURÍCIO MEIRELES
***FOTO DE ARQUIVO*** RIO DE JANEIRO, RJ, 01.10.2019 - O escritor Sérgio Sant’Anna em sua casa no Rio de Janeiro. Sérgio relança seu nono livro “Amazona”, cuja primeira edição, de 1986 pela Nova Fronteira, estava esgotada. (Foto: Ricardo Borges/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O escritor Sérgio Sant'Anna, 78, um dos maiores escritores em atividade no país, está internado no hospital Quinta D'Or, no Rio de Janeiro, com sintomas de Covid-19. O autor está sedado e em um respirador.

O autor foi levado para o hospital no domingo (3), após passar mal, informa seu filho, o também escritor André Sant'Anna. De acordo com ele, ainda não há resultado dos exames que poderão confirmar se seu pai está com a Covid-19, mas os sintomas são semelhantes.

"É aquela coisa, não temos como falar com eles, estamos esperando notícias", diz André.

Sérgio é autor de obras seminais na literatura brasileira, como as coletâneas "O Concerto de João Gilberto no Rio de Janeiro" e "O Homem-Mulher". Também escreveu romances elogiados, mas é conhecido sobretudo por seus contos.

Há duas semanas, ele publicou na Folha de S.Paulo um conto inédito de um livro no qual está trabalhando. No texto, o escritor narra um treino do Fluminense em 1955, contado pelo ponto de vista de uma velha trave de gol. A história é inspirada nas memórias de juventude do autor, que acompanhava todos os jogos e treinos do tricolor carioca.