EP de Juliette tem versão com a voz de Anitta; entenda

Anitta foi a diretora artística do EP de estreia de Juliette, e revelou que o processo de produção do trabalho aconteceu enquanto a ex-BBB ainda estava confinada. Tudo começou quando a equipe de Juliette entrou em contato com Anitta pedindo ajuda para agilizar um trabalho musical para Juliette, que sempre sonhou em ser cantora. A ideia era que a ex-BBB já saísse da casa com um projeto engatilhado.

"Eu amo trabalhar por trás das câmeras, foi um projeto muito desafiador. A equipe da Juliette entrou em contato comigo quando eu ela ainda estava na casa, e eu falei que achava que ela tinha que ser cantora. Eles disseram que ela provavelmente ia querer. Daí pensamos em deixar tudo pronto pra ver se ela queria ou não", explicou a funkeira, que assumiu para si o projeto.

Leia também:

Como foi Anitta quem gravou as vozes guias de estúdio para mostrar as músicas para Juliette, existe uma versão do EP totalmente na voz da funkeira. "Daí começamos a procurar músicos, produtores e compositores, e eu ia mandando as referências musicais. E fomos fazendo o EP sem ela saber de nada. Teve um dia que eu estava no estúdio gravando as guias pra ela, e nessa hora ela estava no banheiro na Pocah questionando se eu ia gostar dela, se iamos ser amigas. E eu no estúdio gravando as músicas pra ela. Mas ó, essa versão do disco na minha voz ninguém nunca vai ouvir, não", riu.

De acordo com Anitta, a ideia era lançar o EP uma semana após o fim do 'BBB21', mas Juliette não aceitou o cronograma. "O plano na época era sair o álbum uma semana depois que ela saísse da casa, mas ela entrou em um choque muito grande. E ela é muito perfeccionista, quis estudar canto antes".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos