Envolvido em várias polêmicas, MC Gui tenta limpar sua imagem em “A Fazenda 13”

·9 min de leitura
Mc Gui (Foto: Reprodução/ Instagram @mcgui)
Mc Gui (Foto: Reprodução/ Instagram @mcgui)

MC Gui tem se envolvido em muitos atritos desde que começou “A Fazenda 13”. O cantor se tornou “rival” da modelo Dayane Mello e da ex-bailarina do Faustão Erika Schneider.

Além disso, MC Gui acredita que Rico Melquiades declarou “guerra” contra ele no programa. Assim como Biel, que participou de “A Fazenda 12, o funkeiro quer “limpar” sua imagem depois das polêmicas que se envolveu ao longo da carreira.

Com o tom sereno de conversar, Gui tem provocado amor e ódio nos internautas fãs do reality rural. Antes de “A Fazenda 13”, o cantor esteve no programa “Dancing Brasil”, programa exibido pela Record TV, em 2017 e apresentado por Xuxa.

Leia também:

Mas quem é MC Gui?

Guilherme Kaue Castanheira Alves é natural de São Paulo e tem 23 anos e é filho de Cláudia Castanheira e Rogério Alves. A trajetória do artista começou com uma brincadeira. Ele e seu irmão escreviam letras de funk, quando o pai resolveu levar o assunto a sério investindo na carreira artística de Gui.

E deu certo. Ele é dono dos hits “O Bonde Passou” e “Ela Quer”, lançados em 2013, e “Beija ou Não Beija”, de 2014. Nessa época, ele chegou a faturar cerca de 120 mil reais por mês e fazia em média cinquenta shows mensais.

MC Gui já se envolveu em problemas com a justiça, recebeu acusações de prática de bullying, além de ter aglomerado durante a pandemia da Covid-19.

Funkeiro foi detido por dirigir em alta velocidade

Em outubro de 2016, MC Gui foi detido pela Polícia Militar por estar dirigindo uma Land Rover Discovery em alta velocidade e sem habilitação. Além disso, o carro estava sem o licenciamento.

De acordo com o 31º DP, de Vila Carrão (zona leste da capital), o funkeiro não respeitou a ordem de parar da polícia e foi detido pelos crimes de desobediência e falta de CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Segundo a polícia, Gui pegou o carro pós fazer dois shows beneficentes no bairro do Carrão, e dirigiu por cerca de quatro quadras até o condomínio onde mora no mesmo bairro. Na época, em entrevista ao programa "Balanço Geral São Paulo", da Record, MC Gui confirmou que passou no farol amarelo e que estava conduzindo sem habilitação.

"Eu vinha vindo na velocidade permitida e assim que amarelou o sinal, dei uma acelerada, não recebi ordem de parada da PM. Assim que entrei no condomínio escutei gritos e saí do carro assustado. Respeitei a ordem de parada. O policial pediu minha documentação, apresentei o documento, falei que tinha 18 anos, mas que não era habilitado. Eu estava errado", afirmou ele, que pediu desculpas.

Morte do irmão

 MC Gui perdeu seu irmão aos 17 anos (Foto: Reprodução)
MC Gui perdeu seu irmão aos 17 anos (Foto: Reprodução)

Em 2014, MC Gui perdeu seu irmão, Gustavo Matheus Castanheira, aos 17 anos, inicialmente perante a suspeita de uma parada cardíaca. No entanto, o laudo da perícia apontou que a morte aconteceu por resultado de uma overdose de cocaína.

Na época, em entrevista ao “Fantástico”, a mãe dos dois, Cláudia, falou sobre o choque ao receber a notícia. "Quando eu li escrito no laudo a cocaína, eu sinceramente entrei em choque. Não dá para acreditar, não. Eu acreditava que ele não ia se envolver. Por quê? Porque ele via aquilo, ele falava para gente que não aceitava, que aquilo era feio", disse ela na ocasião.

Na mesma entrevista, MC Gui disse que não sabia que Gustavo usava cocaína. "Eu já vi ele usando maconha. Só que eu brigava com ele e ele me obedecia. Tipo, ele jogava fora", ressaltou o cantor abalado. Em homenagem, o funkeiro tatuou o nome de Gustavo, com a frase: "sonhar nunca desistir, ter fé, pois fácil não e é nem vai ser".

Pai também se envolveu em polêmicas

Em 2018, a RW Produtora, do pai de MC Gui, Rogério Alves, teve documentos e drogas apreendidas pela Polícia Civil em decorrência de investigações da relação da empresa com um site falso para leilões de imóveis.

No mesmo ano, o cantor foi internado no Hospital São Luiz, em São Paulo, alegando "estresse e cansaço".

Acusado de humilhar criança na Disney

Em 2019, MC Gui se envolveu em outra polêmica que causou revolta no público. Ele acabou sendo acusado de humilhar uma criança após gravar um vídeo nos Estados Unidos. O cantor estava com a namorada e amigos em um dos trens que leva até um dos parques de diversão.

Nas imagens, o funkeiro aparece apontando para uma menina que estava fantasiada de Boo do filme Monstros S.A. Ele ria da garota e dizia: “Chegamos na Disney e, mano, olha isso. Gente do céu”. A garota, que não entendia nada do que estava acontecendo, virou o rosto da direção da câmera.

Os internautas ficaram revoltados com a exposição da menina e detonaram MC Gui nas redes sociais. "E o prêmio sem noção do dia vai para o Mc Gui zoando uma criancinha totalmente constrangida", escreveu um usuário do Twitter.

Outros ainda citaram que a menina era menor de idade, e que o cantor não poderia ter exposto uma criança que ele nem conhecia.

Cantor pediu desculpas

Após ver a repercussão negativa do vídeo, MC Gui excluiu os stories e afirmou que foi apenas uma brincadeira. "Eu realmente já fui zoado por alguns amigos e, mano, estão postando em sites de fofocas dizendo que eu estava fazendo bullying com a criança, e eu fiquei impressionado. Porque aqui nos Estados Unidos, eu vejo pessoas que são iguais aos personagens que estão nos filmes".

“E no trem eu postei a menina que estava [parecida] com a personagem da Boo [da animação Monstros S.A], certo? E achei impressionante porque estava muito parecida. Eu dei risada, porque nunca tinha visto aquilo. E a internet está muito chata, eu não fiz bullying com a menina", disse.

"Ela até viu que eu estava filmando, a mãe dela que estava do lado veio falar com a gente. Eu não falo inglês, mas minha namorada fala e a gente acabou que meio fez uma brincadeira. Estou na Disney, estou de férias. Não preciso ficar me explicando, mas essa é a internet que a gente está usando hoje".

Festa clandestina na pandemia

Durante a pandemia do Coronavírus, o cantor esteve envolvido em mais uma polêmica. Em março de 2021, MC Gui foi flagrado em uma festa que acontecia em um cassino clandestino, na Vila Olímpia, em São Paulo, junto do jogador de futebol Gabigol.

Na época, a assessoria de imprensa do cantor afirmou que o local era uma casa de pôquer. "Diferentemente do que está sendo veiculado, o local onde encontrava-se o cantor MC GUI tratava-se de uma casa de Poker, que foi fechada pela Vigilância Sanitária, em decorrência da decretação de fechamento de locais públicos", dizia o comunicado.

A assessoria disse ainda que "para que a vigilância possa atuar no fechamento e retirada das pessoas do local, necessitaram acionar autoridades locais, a fim de evitar maiores tumultos. O artista já prestou os esclarecimentos necessários e colaborou com o que foi solicitado, a quem de direito".

Mc Gui e Gabigol foram levados para a delegacia com mais cerca de 200 pessoas. Eles assinaram um termo se comprometendo a prestar depoimento futuramente e foram liberados na sequência.

Pediu a namorada em casamento

MC Gui ficou noivo de Beatriz Michelle (Foto: Reprodução)
MC Gui ficou noivo de Beatriz Michelle (Foto: Reprodução)

Em agosto deste ano, MC Gui ficou noivo de Beatriz Michelle e a pediu em casamento. "Ontem minha namorada, hoje minha noiva", escreveu o funkeiro de 23 anos ao publicar fotos do pedido, feito de surpresa em meio a pessoas próximas do casal.

Bia Michele é bailarina e influenciadora digital e namora o cantor há pouco mais de dois anos. Ela também comemorou a novidade em seu perfil: "Vou casar. Te amo demais, meu noivo”.

Processo movido por motorista de aplicativo

MC Gui também responde na Justiça de São Paulo a um processo movido por um motorista de aplicativo. Atualmente confinado em “A Fazenda 13”, o cantor pode vir a receber a visita de um oficial de Justiça na sede do reality, em Itapecerica da Serra, no interior de São Paulo.

Nesta ação, segundo informou a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o motorista Alef Santos pede uma indenização por danos morais no valor de R$ 500 mil por ter sido acusado, em 2020, de ter roubado as malas do cantor com objetos para doação, que foram transportadas em seu carro através de uma corrida pelo aplicativo Uber.

O processo está em fase de tentar notificar MC Gui sobre a causa e caso ele não tenha deixado uma procuração de plenos poderes para que alguém receba a intimação aqui fora, a Justiça vai bater na porta do reality da Record.

MC Gui expôs motorista nas redes sociais

O motorista alega que sequer sabia que as malas eram de MC Gui, e ainda afirma que quando chegou ao local de destino para entregá-las, na Zona Leste de capital paulista, ficou esperando, ninguém retirou e depois avisou que não poderia aguardar mais. Foi então que entrou em contato com o responsável por colocar as malas no carro para avisar que deixaria as bagagens para serem retiradas diretamente na sede da Uber, localizada no bairro Penha de França.

O responsável por despachar as malas no carro registrou um boletim de ocorrência contra o motorista, alegando que ele supostamente havia se apropriado indevidamente das bagagens. Não bastasse, MC Gui foi até suas redes sociais com milhões de seguidores e expôs toda a situação publicamente, mostrando a foto de Alef nos stories.

Cantor tem colecionado desafetos em “A Fazenda 13”

MC Gui discute com Rico (Foto: Reprodução)
MC Gui discute com Rico (Foto: Reprodução)

MC Gui já deixou claro que não gosta de estar na mesma casa com a modelo Dayane Mello e a e bailarina Erika Schneider. O cantor já protagonizou discussões acaloradas com duas.

Mas parece que agora seu novo desafeto é o influencer Rico Melquiades. Quando Dayane voltou da segunda roça, eliminando o ator Mussunzinho, o funkeiro deixou bem claro que não gostou. Como provocação, Rico soltou um: “chupa, MC Gui”.

MC Gui já deixou claro que não gosta de estar na mesma casa com a modelo Dayane Mello (Foto: Reprodução)
MC Gui já deixou claro que não gosta de estar na mesma casa com a modelo Dayane Mello (Foto: Reprodução)

Depois, o funkeiro pediu para conversar com o ex-De Férias com o Ex”: "Por que você declarou uma guerra comigo? Você trouxe coisa lá de fora para afetar minha cabeça", disse o cantor "E afetou?", perguntou Rico. "Não, mas você trouxe", respondeu Gui.

"Você fica falando de cancelamento… você que passou por isso deveria saber. Tem um monte de gente lá fora se matando por isso". O cantor fez referência à briga que Rico mencionou sobre seus erros fora do reality. Rico respondeu que o funkeiro e todos os outros peões são seus adversários.O MC pediu que mantivessem o respeito. Rico concordou.

Vale ressalta que MC Gui foi um dos peões que tentou tirar Dayane da cama com Nego do Borel, quando a modelo estava bêbada após uma das festas. A ex-Gran Fratello não saiu e o resto da história todo mundo sabe. Nego do Borel foi expulso do programa acusado de abusar sexualmente de Dayane.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos