'Envelheci e estou cansada', afirma Sinead O'Connor ao anunciar aposentadoria da música

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora irlandesa Sinead O'Connor, 54, anunciou que vai encerrar suas atividades musicais. Ela fez a declaração em uma série de tuítes publicados na sexta (4). "Isso é para anunciar minha aposentadoria das turnês e do trabalho no ramo de discos. Eu envelheci e estou cansada", escreveu.

O'Connor, que ficou famosa internacionalmente nos anos 1990 ao gravar "Nothing Compares 2 U", afirmou que "No Veteran Dies Alone" será seu último álbum --o disco está programado para ser lançado em 2022. Depois, ela afirmou que não fará mais turnês ou campanhas promocionais.

"Essas não são notícias tristes", disse. "São notícias incrivelmente bonitas. Um guerreiro sabe quando deve recuar. Foi uma jornada de 40 anos. É hora de colocar os pés no chão e realizar outros sonhos."

No sábado (5), a cantora voltou ao Twitter para falar mais sobre a sua aposentadoria. Ela pediu desculpas pelos transtornos que possa ter causado com o anúncio da sua decisão e disse que o seu livro de memória "Rememberings", lançado recentemente, a fez entender que é a dona da sua carreira.

"Acho que o livro me fez perceber que sou meu próprio patrão. Eu não queria esperar pela permissão dos homens. Além disso, bebi um pouco de uísque."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos