Alienação parental, maconha e extorsão: entenda a treta entre Britney e o ex-marido

Britney Spears e Kevin Federline (Foto: Getty Images)
Britney Spears e Kevin Federline (Foto: Getty Images)

A tutela de Britney Spears pode ter chegado ao fim, mas o drama na vida da cantora parece estar longe de acabar. Isso porque o ex-marido da eterna princesa do pop, Kevin Federline, concedeu uma série de entrevistas ao canal ITV sobre o conturbado fim do casamento dos dois e a relação dela com os filhos, Sean Preston e Jayden James.

Basicamente, o ex-dançarino, que tem a guarda total dos adolescentes, disse que os filhos decidiram — por conta própria — não ver a mãe e que o fato de ela postar fotos seminua nas redes sociais faz os jovens passarem situações constrangedoras na escola, por exemplo. “Tento explicar que talvez seja apenas outra maneira de tentar se expressar, mas isso não muda o que essa situação faz a eles. É duro”, disse Federline.

Pelo Instagram, Britney e novo marido, Sam Asghari, repudiaram e rebateram as falas de Kevin, que ainda apoia o pai da cantora e o sistema abusivo em que ela viveu por 13 anos. “Como todos sabemos, criar meninos adolescentes não é fácil. Isso começou muito antes do Instagram. Eu dei tudo aos meus filhos e só tenho uma palavra sobre isso: ‘doloroso’”, escreveu ela. “Sobre minha casa ser um ambiente impróprio para os meus filhos, posso afirmar que a casa dos Federline tem mais maconha que Ludacris, 50 Cent, Jay-Z e Puff Daddy juntos”, completou.

Sam, por sua vez, destacou que em breve a pensão alimentícia de milhares de dólares de Sean e Jayden acabará e que, no futuro, ambos perceberão que o que fez mal a eles foi “ter como referência um homem que não trabalhou muito ao longo dos últimos 15 anos”. “Eu, pelo menos, tenho um emprego”, disparou o ator e modelo.

A repercussão da entrevista foi tão negativa que a ITV decidiu cancelar a exibição do material restante. Kevin, então, publicou nas redes sociais vídeos em que a cantora aparece dando broncas nos meninos, na época com 11 e 13 anos. O público mais uma vez ficou ao lado de Britney, acusando-o de alienação parental (colocar os filhos contra ela) e defendendo que a cantora só estava disciplinando os meninos, como qualquer mãe/pai faz (ou deveria fazer).

Vale lembrar que Britney já verbalizou que se submeteu a diversas situações e exigências impostas pelo pai e pelo ex-marido pelas constantes ameaças de perder totalmente o contato com Sean e Jayden. No post de Sam, inclusive, ele ressalta que apenas alguém que também tirou proveito da tutela de Britney, na qual teriam acontecido diversos desvios de dinheiro, poderia apoiar tudo que foi feito.