Em velório, Marieta Severo se despede de Jorge Fernando: "Ele era genial"

Redação Vida e Estilo
Foto: Marcos Ferreira/Brazil News
Foto: Marcos Ferreira/Brazil News

Por Patrick Monteiro e Bárbara Saryne

O velório do ator e diretor da Globo Jorge Fernando contou com a presença de amigos e familiares nesta terça-feira (29). A atriz Marieta Severo, de 72 anos, consolou a mãe do ator e conversou com os jornalistas durante a cerimônia.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

“Vai fazer falta o talento dele. O Jorginho era genial. Ele pegava uma cena e resolvia rapidamente. A intuição e o talento dele era enorme”, diz ela, que admirava o astral de Jorge Fernando nos bastidores da emissora.

Leia também

“Tinha uma coisa que era a alegria de trabalhar com ele: leve, alegre, pra cima. Ele transformava tudo em festa. Fazia nosso trabalho ser alegre, ser para cima. Essa era a tônica dele no trabalho e na vida, e deixa isso para a gente. Ele nos deixa muita alegria e trabalho feitos com muito talento”, elogia a artista.

Além de Marieta, outros famosos se despediram do ator na Sala Marília Pêra, no Teatro Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro. A cerimônia foi aberta ao público das 8h às 10h. Depois, a família fechou a sala apenas para parentes e amigos próximos. O corpo do profissional será cremado no Crematório e Cemitério da Penitência, no bairro do Caju, região portuária do Rio, às 13h.

Entenda o caso

Jorge Fernando morreu aos 64 anos, no Hospital Copa Star, no último domingo (27). Segundo nota oficial divulgada pela unidade, a causa da morte foi uma “parada cardíaca em decorrência de uma dissecção de aorta completa”.

O diretor era muito querido no meio e seu último trabalho foi a direção da novela ‘Verão 90’, exibida na faixa das 19h. Um sucesso de audiência, a trama marcou o seu retorno ao trabalho após sofrer um acidente vascular cerebral em janeiro de 2017. Muitos famosos lamentaram a morte do colega.

Há 41 anos na TV Globo, Jorge Fernando dirigiu novelas como ‘Rainha da Sucata’, ‘Cambalacho’, ‘Que Rei Sou Eu’, ‘A próxima Vítima’, ‘Ti-Ti-Ti’, ‘Alma Gêmea’ e ‘Eta Mundo Bom’. Ator, diretor, escritor e humorista, Jorge reformulou a forma de dirigir para televisão. Próximo do casting, ele era elogiado por ajudar os atores sem se colocar acima deles.”