CCXP 2018: Maisie Williams promete que Arya vai matar mais em 'Game of Thrones'

(Imagem: divulgação HBO)

A delegação de Game of Thrones foi responsável por causar o maior alvoroço entre os fãs durante o primeiro dia da CCXP 2018, nesta última quinta-feira (6), em São Paulo. Formada pelos criadores da série, David Benioff e D. B. Weiss, e os atores John Bradley (que interpreta Samwell Tarly) e Maisie Williams (Arya Stark) motivaram gritos e aplausos em cada uma de suas aparições durante a feira.

Leia mais: CCXP 2018: atrizes de ‘Ilha de Ferro’ falam sobre o combate ao machismo

O ponto alto foi o painel dedicado à atração, no auditório principal do evento, que começou com uma orquestra tocando ao vivo a trilha de abertura do épico da HBO. Apesar de não terem revelado quase nada a respeito da aguardada última temporada, que estreia em abril de 2019, os convidados falaram sobre o histórico de sucesso da série, fenômeno mundial desde sua estreia, em 2011.

Quando começou a ensaiar para viver Arya, Maisie tinha apenas doze anos – hoje, ela está com 21. Benioff e Weiss lembraram que ficaram impressionados com a atriz desde o início, e a escolheram para o papel num teste do qual 300 outras meninas participaram. Sobre ter crescido já com status de estrela mundial, a atriz comentou: “Todos fizeram um bom trabalho para nos proteger. Quando se fica famosa nova, esperam que você pire, as pessoas se perguntavam quando eu ia estragar tudo. Mas tive tanto apoio da equipe que conseguimos amadurecer nesse período juntos.”

A lista de Arya vai aumentar

Ela também relembrou algumas das mortes que sua personagem foi responsável ao longo dos episódios. “Existem muitos motivos para achar legal matar alguém. Um dos motivos seria porque os fãs querem muito, como quando matei o Mindinho”, explicou. “Em termos de filmar a cena, o mais legal foi matar foi Meryn Trant. Porque quando eu gravei isso, eu tinha 15 anos, eu tinha saído da escola, e eu passava a tarde esperando isso. Foi muito divertido para mim”, relembrou.

Leia mais: Naomi Watts é a primeira atriz confirmada na série derivada de ‘Game of Thrones’

E a lista de vítimas de Arya deve aumentar: “Ainda há alguns outros para a próxima temporada, o que é muito animador”, revelou.

Discreto e tão simpático como seu personagem, John Bradley foi enaltecido pelos criadores de Game of Thrones como alguém que se destacou tanto que ganhou mais espaço no roteiro. O ator relembrou o momento em que teve certeza de estar fazendo parte de algo especial. “Normalmente, só reparamos como algo era precioso quando acaba. Mas lá estava eu na terceira temporada, numa locação longe do mundo moderno, cercado por grandes amigos que fiz, me sentindo completamente sortudo”, contou.

Assista a seguir: Street Fighter: Ressurection serve como prólogo do game