Em Orlando, Bolsonaro volta a citar ato antidemocrático: ‘Coisa inacreditável’

Jair Bolsonaro credit:Bang Showbiz
Jair Bolsonaro credit:Bang Showbiz

Jair Bolsonaro (PL) voltou a falar sobre as manifestações que ocorreram em Brasília no último dia 8.

Em conversa com apoiadores em frente à residência em que está hospedado em Orlando, nos Estados Unidos, Bolsonaro considerou como ‘inacreditável’ as invasões e depredações às sedes do Palácio do Planalto, STF (Supremo Tribunal Federal) e Congresso Nacional.

‘’Lamento o que aconteceu dia 8, uma coisa inacreditável. Mas no meu governo, o pessoal aprendeu o que é política, conheceu os poderes, começou a dar valor à liberdade. Eu falava para alguns sobre a liberdade, e eles diziam que era igual ao sol, nasce todo dia, mas não é bem assim não. A gente acredita no Brasil’’, afirmou.

No dia seguinte após o ataque, o ex-presidente já havia se manifestado para rebater as acusações do atual chefe de Estado, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), de que ele poderia ter incitado as invasões.

"Manifestações pacíficas, na forma da lei, fazem parte da democracia. Contudo, depredações e invasões de prédios públicos como ocorridos no dia de hoje, assim como os praticados pela esquerda em 2013 e 2017, fogem à regra (...) No mais, repudio as acusações, sem provas, a mim atribuídas por parte do atual chefe do executivo do Brasil", declarou em seu Twitter.