Em meio a acidente com Alec Baldwin, entenda como funciona arma cenográfica

·1 min de leitura
Alec Baldwin no filme
Alec Baldwin no filme "Pixie". Foto: Divulgação/Paramount Pictures

Resumo da notícia:

  • Diretora de fotografia foi vítima de disparo acidental de Alec Baldwin

  • Armas cenográficas costumam conter "balas de festim"

  • Detetives investigam qual munição foi disparada no set de "Rust"

A arma cenográfica que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins após disparo de Alec Baldwin no set de "Rust", no Novo México, nos EUA, deveria estar munida de balas de festim, mas detetives estão investigando qual tipo de munição foi disparada.

De acordo com o G1, um comunicado do gabinete do xerife do condado de Santa Fé divulgou que está ocorrendo uma investigação sobre a arma usada no acidente.

Leia também:

A produção do filme havia dito que o disparo havia sido com balas de festim, o que configuram réplicas de armas de fogo, usadas na indústria cinematográfica para imitar munição real. O que difere de uma arma de fogo é que os cartuchos não têm projétil, ou seja, a parte da munição que é arremessada durante o tiro.

Em maiores detalhes, uma arma de fogo contém cápsula com um pó propelente. Uma vez feito o disparo, o propelente queima e libera gases em alta temperatura para empurrar o projétil.

Já com as balas de festim, a ponta do cartucho fica vazia e não há o projétil potencialmente letal. Materiais como algodão ou papel costumam substituí-lo na intenção de evitar qualquer acidente fatal. Por isso, há a grande dúvida sobre qual munição foi disparada por Alec Baldwin.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo: