Em meio à crise com Gisele, Tom Brady fala sobre balancear paternidade e esporte

***ARQUIVO*** SÃO PAULO - SP - 16.04.2015 - Festa da Colcci para a modelo Gisele Bündchen. TOM BRADY. (Foto: Raquel Cunha/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO - SP - 16.04.2015 - Festa da Colcci para a modelo Gisele Bündchen. TOM BRADY. (Foto: Raquel Cunha/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O astro do futebol americano Tom Brady, 45, falou sobre sua decisão de voltar a praticar esporte mesmo após ter anunciado sua aposentadoria. Em um momento de crise no relacionamento com a modelo Gisele Bündchen, 42, ele afirma que "não pode parar sua vida, mesmo que o esporte esteja acontecendo".

"Quando eu tinha 25 anos, tudo que eu fazia era pensar em futebol. Essa era a minha vida. Era comer, dormir, beber futebol. Era minha profissão, era minha carreira", afirmou, em um trecho de seu podcast, intitulado Let's Go! Com Tom Brady, Larry Fitzgerald e Jim Gray.

"Com o tempo, outras prioridades se desenvolvem porque você muda e evolui ao longo da vida e cresce de maneiras diferentes. Então você assume essas responsabilidades diferentes, de família e compromisso e assim por diante. E você dedica tempo e energia a essas coisas", continuou ele.

Brady disse que agora, seu filho mais velho, John Jack, 15, está jogando futebol de calouro no ensino médio e seus outros dois filhos, Vivian, 9, e Benjamin, 12, estão tendo suas próprias experiências. "Você não pode parar sua vida, mesmo que o esporte esteja acontecendo", acrescentou.

"Eu tenho muitas coisas que são atividades e objetivos fora de campo realmente importantes. Então, todos nós temos coisas diferentes acontecendo, e acho que quando a temporada de futebol chegar, eu realmente preciso me concentrar para a organização para que possamos maximizar nosso potencial como equipe", continuou.

Na semana passada, Gisele deixou a casa da família e voou sozinha à Costa Rica em meio a rumores de que está se separando do marido. Fontes próximas ao casal contaram que os dois estão brigados. Os desentendimentos teriam começado depois que o jogador de futebol americano voltou atrás na decisão de se aposentar do esporte, o que seria o desejo de Gisele.