Em aulas online, Marcelo Rubens Paiva põe em prática suas técnicas de bater papo

WALTER PORTO
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 31.10.2019 - O escritor e jornalista Marcelo Rubens Paiva. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ministrando cursos ao longo dos anos, o escritor Marcelo Rubens Paiva percebeu que nunca tinha desenvolvido exatamente uma técnica para dar aulas, mesmo tendo uma formação acadêmica sólida. "Vi que na verdade tenho uma técnica de bater papo", diz.

É uma habilidade que ele tem colocado em prática na plataforma Bora Saber?, que decidiu criar com a empresária Karina Barcellos após ter boas experiências tanto oferecendo quanto assistindo a cursos online —ele afirma aguardar ansiosamente as terças-feiras, quando atende às aulas virtuais do historiador Luiz Felipe de Alencastro.

Para o novo site, cujas primeiras atividades começam dia 25, ele convidou gente próxima a ele —nomes como Barbara Gancia, Paulo Betti e Antonia Pellegrino, mas o plano é ampliar cada vez mais a gama de profissionais— para dar cursos "que fogem do acadêmico e do coaching" e se assemelham mais a uma conversa entre amigos.

Enquanto a maior parte das aulas disponíveis são voltadas ao cérebro, ele diz: "Eu tô querendo mexer no coração das pessoas".

O isolamento social, afirma Paiva, atiça a vontade de estar em contato com os outros para partilhar experiências e debater "os dilemas do nosso novo normal". Por isso as aulas, ainda que tenham uma primeira metade mais parecida com uma palestra, têm um segundo momento mais aberto, para que os alunos possam dar seus pitacos.

É uma iniciativa que procura aglutinar gente que está sem trabalhar, querendo trocar ideias e ansiosa por um contato humano, ainda que virtual.

A leveza da proposta logo se percebe pelas ementas dos cursos: há aulas de comédia stand-up com Fábio Lins, crônicas do cotidiano com Xico Sá e até sobre "a fórmula do amor" com Léo Jaime.

Mas também há também cursos com viés mais profissionalizante, digamos assim, como aulas de atuação com Paulo Betti e de roteiro com a especialista Jacqueline Cantore, que trabalhou próximo ao papa Robert McKee (com datas ainda a definir).

O próprio Paiva, que já escreveu livros sobre a própria vida ("Feliz Ano Velho") e sobre a história dos pais ("Ainda Estou Aqui"), oferece um programa intitulado "Autobiografia: fazer de si personagem". "Tenho essa capacidade de falar de mim com o freio de mão puxado, indo fundo nos meus pesadelos", afirma. "É uma prática que envolve técnica, mas é também algo emocional."

O escritor celebra a possibilidade de continuar realizando encontros como esse mesmo de casa, saudando ferramentas como o Zoom, que permitem um nível de compartilhamento inédito, segundo ele.

Paiva conta que, numa das aulas, foi abrir o Word no seu computador para mostrar um trecho de seu último livro aos alunos. Notou então que o arquivo ainda estava com marcas de revisão, deixando claro ali o processo final dedebate do autor com seu editor e sua revisora.

Tão rica foi a discussão que o engano foi incorporado oficialmente às aulas depois.


BORA SABER?

Quando: a partir de 25/5, em diversas datas

Onde: borasaber.art.br

Preço: de R$ 290 a R$ 360 por curso