"Vocês não sabem votar", diz Elza Soares no Rock in Rio

Elza Soares manda recado político durante show no Rock in Rio. Foto: Reprodução/Twitter

Por Ana Cora Lima

Elza Soares deixou sua mensagem por um país melhor durante seu show no Rock in Rio 2019. A cantora, que recebeu convidados como Kell Smith e Jessica Ellen, levou o público ao delírio com o discurso antes de cantar "País do Sonho".

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

"A gente vive num país de sonho. Esse país que a gente dorme, desse povo que sonha em um lugar melhor para viver. Sonha, mas é preciso acordar, minha gente, lutar, gritar, ir pras ruas! Aprender a votar, que vocês não sabem votar, nós não sabemos", disse, recebendo aplausos.

Leia também

"Vamos pras ruas, buscar nossos direitos. Esse Rio de Janeiro acabado, completamente distorcido. Cadê o povo, cadê a voz da gente? Cadê a voz das mulheres? Somos faladeiras, vamos falar até não aguentar mais", continuou. Entusiasmado, o público ergueu um dos braços e entoou "Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*".

Elza Soares discursa durante show no Rock in Rio. Foto: Francisco Cepeda/Agnews

Antes, Elza defendeu a liberdade feminina. "Mulheres, gemer agora só de prazer. Chega de sofrer calada! Denunciem: 180. Repitam comigo: Não é não!".

Em outro momento, a cantora relembrou crimes que aconteceram no Rio e tiveram repercussão nacional e até mundial. "Agatha Félix tinha 8 anos. O músico Evaldo Rosa levou 80 tiros. Marielle [Franco] lutava pelos pobres, pelos negros, pelos pretos, pelo nosso povo. Chega! Porque é muita coisa, minha gente. Quero um ‘chega’ bem forte, porque chega de perseguir os negros, os pobres. Mulher preta, coragem, pra frente", vibrou, cantando em seguida "Eu Não Vou Sucumbir", canção que encerrou a apresentação.