Elza Soares morre no mesmo dia de Garrincha, quase 40 anos depois

·3 min de leitura
Ex-marido e maior ídolo do Botafogo também faleceu no dia 20 de janeiro, mas em 1983. Foto: (Reprodução/Redes sociais)
Ex-marido e maior ídolo do Botafogo também faleceu no dia 20 de janeiro, mas em 1983. Foto: (Reprodução/Redes sociais)

A morte da cantora Elza Soares, aos 91 anos, nesta quinta-feira (20) é simbólica como ela e seu relacionamento com Garrincha, jogador campeão do mundo com a Seleção Brasileira. Curiosamente, ela deixa o mundo no mesmo dia que ele - 20 de janeiro de 1983. Trinta e nove anos após a morte do "Anjo das Pernas Tortas", a carioca morreu por causas naturais.

"É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15h45 em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais", diz o comunicado emitido pela assessoria de imprensa da cantora.

Um dos romances mais emblemáticos da história do futebol brasileiro foi o de Elza Soares e Mané Garrincha. Ambos no auge de suas carreiras, ele conquistando o mundo ao lado de Pelé e ela sendo a rainha da música brasileira com seu sucesso "Se Acaso Você Chegasse".

Foi em 1963 que Elza lançou uma música que, à época, foi vista como polêmica. Em “Eu sou a Outra", ela falava sobre o romance com o então astro do futebol Mané Garrincha, que era casado. A música enfureceu a sociedade conservadora do país e o romance foi considerado um verdadeiro escândalo. Entre uma relação extra-conjugal, o fim do casamento de Garrincha e o casamento do jogador com Elza, a sua imagem sempre foi de vilã. Enquanto isso, crescia no país a força da ditadura militar e a perseguição dos artistas, que fazia a oposição em peso. Sua mansão com o astro do futebol acabou sendo metralhada no processo e, com medo, os dois decidiram se autoexilar em Roma, na Itália, onde viveram por seis anos.

Antes de morrer, Elza Soares declarou apoio para Linn da Quebrada no BBB: “Te amo”

Em entrevista ao apresentador Pedro Bial, no ano de 2018, Elza declarou seu amor por Garrincha: "Eu sonho muito com o Mané. O maior amor da minha vida foi ele".

A conquista da Copa do Mundo de 1962 pode ser colocada na conta de Elza Soares, uma vez que a cantora foi a grande inspiração de Garrincha que, apaixonado, prometeu à amada que conquistaria o torneio mundial e dedicaria a vitória para seu grande amor da vida.

Violência dentro de casa

O discurso contra a violência doméstica não surgiu do nada. Ao falar de Garrincha, Elza gosta só de lembrar dos momentos felizes, mas é fato que a história do casal foi repleta de altos e baixos.

Por 16 anos, a cantora precisou lidar com os abusos, tanto físicos quanto morais, do marido, que era alcoólatra. Em um momento considerado ápice da crise na relação dos dois, Elza perdeu a mãe em um acidente de carro enquanto o jogador dirigia alcoolizado. A relação ficou abalada e os dois viveram um tempo separados antes de reatarem a relação. O casamento terminou oficialmente em 1982, por conta do comportamento abusivo e violento do jogador, que morreu um ano depois de cirrose.

Feminismo

Para Elza, idade sempre foi só um número. Sempre dispensando qualquer ideia pré-estabelecida ou preconceito sobre a idade que têm (ou não tem mais), ela seguiu fazendo música sem se preocupar muito com o que público ou a crítica pensaria a respeito. Tanto que foi apenas depois de 50 anos de carreira que Elza lançou o seu primeiro álbum completamente original, ‘A Mulher do Fim do Mundo', em 2015. O lançamento a colocou, mais uma vez, como um destaque no cenário musical brasileiro, agora como uma verdadeira estrela pop.

Carreira

Com 34 discos lançados, Elza flutuou entre os diferentes ritmos musicais. Desde o samba e o jazz, até a música eletrônica e o funk, passando pelo hip hop e pela bossa nova. Como ela mesma dizia, a mistura era proposital: "Sempre quis fazer coisa diferente, não suporto rótulo, não sou refrigerante. Acompanho o tempo, não estou quadrada, não tem essa de ficar paradinha aqui não. O negócio é caminhar. Eu caminho sempre junto com o tempo".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos