Elon Musk posta imagem de 'sepultamento' do Twitter em meio a crise

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em meio a boatos sobre o fim do Twitter após a divulgação da informação de que centenas de funcionários devem deixar a empresa, Elon Musk publicou uma imagem irônica sobre o "sepultamento" da plataforma.

Na imagem, postada na madrugada desta sexta-feira (18), um homem faz o sinal de paz e amor diante de um túmulo. O pássaro azul, símbolo do Twitter, aparece cobrindo o rosto do homem e também a lápide.

Em outras postagens, o novo proprietário da plataforma publicou a bandeira da morte e as frases "deixe isso afundar" e "acabamos de atingir outro recorde histórico no uso do Twitter".

Tuiteiros famosos e anônimos escreveram sobre a crise, fizeram planos para a "despedida" e reclamaram da postura de Musk.

Na quarta (16), o bilionário enviou uma mensagem aos funcionários dizendo que teriam até esta quinta (17) para considerarem se querem continuar "trabalhando longas horas em alta intensidade" ou receber uma indenização de demissão constituída por três meses de pagamento.

"Meu último tuíte precisa ser um histórico: Bolsonaro perdeu a eleição. Lula é o novo presidente do Brasil", disse o cantor Tico Santta Cruz.

"E ainda tem fã do bilionário achando que ele é brilhante 100% do tempo e tá certíssimo com o que tá fazendo no Twitter", reclamou o youtuber e empresário Felipe Neto.

"Não acaba @elonmusk que eu conto mais", pediu a publicitária Carol Ligabue, conhecida por contar bastidores de ricos e famosos na rede social.

"Será meu último tweet?", perguntou o jornalista Rene Silva, do Voz das Comunidades.

Uma das sugestões dos internautas bem-humoradas para o "fim do Twitter" é a postagem em massa de nudes.

Outros internautas chegaram a divulgar seus perfis no Instagram para o caso de ficarem sem a possibilidade de continuar tuitando. Foi o caso da deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ). "Agora a cada tweet a gente pensa que pode ser o último e ficar para a história", justificou.