Elon Musk faz ações da Tesla despencarem com um tweet - e agora pode ser investigado

Foto: Yasin Ozturk/Anadolu Agency via Getty Images

Elon Musk pode ser investigado pela Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) por conta de um simples tweet. Na última sexta-feira (1), o bilionário fundador da Tesla disse que o preço das ações da empresa estava alto demais. Foi o suficiente para fazer os papéis da montadora despencarem.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Em apenas uma hora, a Tesla perdeu US$ 14 bilhões em valor de mercado, testemunhando uma queda de 8% na Nasdaq como consequência da venda em massa de ações provocada pelo tweet de Musk. Agora, analistas acreditam que o bilionário possa ser alvo de uma investigação por manipular o mercado.

Leia também

O tweet de Musk veio logo após a Tesla anunciar resultados financeiros sólidos referentes ao primeiro trimestre de 2020, consolidando um crescimento vertiginoso que culminou, antes da crise do coronavírus, quando a marca de carros elétricos se tornou a montadora mais valiosa do mundo.

Na última sexta, após afirmar que estava "vendendo todas as suas posses", Musk continuou sua série de tweets indecifráveis citando trechos de poemas e de um dos hinos nacionais dos Estados Unidos após declarar que o preço das ações da Tesla estava alto demais.

Segundo especialistas ouvidos pelo site norte-americano The Verge, a prática de manipulação de mercado não é nítida no tweet de Musk porque, em tese, ele não lucrou com a queda das ações da Tesla. Mas, segundo a legislação norte-americana, o crime de manipulação é categorizado pela intenção, e não pelo lucro em si.

"Ele não precisa se beneficiar, embora o benefício seja a maneira pela qual o governo normalmente prova a intenção [de manipular o mercado]", explicou Evelyn Cruz Sroufe. Esta não seria a primeira vez que Musk entra na mira do SEC por conta de seus tweets.

Em 2018, Musk afirmou no Twitter que queria que as ações da Tesla chegassem ao valor de US$ 420 - o que ele admitiu mais tarde se tratar de uma piada "para divertir a namorada" em alusão ao consumo de maconha. Disse até que já tinha assegurado investimento privado para isso. Consequência: as ações da Tesla, negociadas à época por cerca de US$ 300, dispararam.

Musk recebeu uma multa milionária e a SEC obrigou a Tesla a supervisionar os tweets do bilionário por meio de uma equipe jurídica. Não se sabe se os tweets da última sexta foram aprovados por essa equipe. A SEC não quis comentar se vai investigar Musk desta vez.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.