Elon Musk cobrará mensalidade por verificação no Twitter, mesmo para quem já é verificado, aponta rumor

Elon Musk, que agora possui oficialmente o Twitter após a conclusão do acordo de US$ 44 bilhões, planeja cobrar dos usuários da plataforma US$ 20/mês para ganhar o cobiçado selo de verificação por meio de uma assinatura do Twitter Blue. Além disso, aqueles que já estão verificados terão 90 dias para se inscrever ou perderão o status de verificado. Ah, e a equipe do projeto foi informada de que eles têm até 7 de novembro para lançar o recurso ou serão demitidos.

Conforme relatado por Platformer e The Verge, o Twitter Blue custa atualmente US$ 4,99/mês e permite que os usuários editem seus tweets, obtenham acesso antecipado a novos recursos e muito mais, mas atualmente não tem nada a ver com verificação.

A verificação, no momento da redação deste artigo, destina-se a "informar às pessoas que uma conta de interesse público é autêntica. Para receber o selo azul, sua conta deve ser autêntica, notável e ativa". Não há cobrança a ser verificada, pois é apenas uma maneira de impedir que as contas se passem por você se sua conta for comprovadamente de interesse público. Atualmente, não está claro se este novo plano verificará todos os que possuem uma assinatura do Twitter Blue ou se apenas aqueles que se inscreverem serão considerados para verificação.

Musk foi sincero com seu desejo de abordar como o Twitter verifica contas e lida com seus problemas de bots, e ele twittou no domingo, 30 de outubro, que "todo o processo de verificação está sendo reformulado agora".

Apesar ...

Elon Musk cobrará mensalidade por verificação no Twitter, mesmo para quem já é verificado, aponta rumor
Leia Mais

Confronto entre Goku de Dragon Ball e Saitama de One-Punch Man vira realidade