Primeiro eliminado do 'No Limite', Mahmoud dispara: "Jogo de macho hetero"

·1 min de leitura
Mahmoud deixou o programa com 5 votos (Foto: Reprodução/Globo)
Mahmoud deixou o programa com 5 votos (Foto: Reprodução/Globo)

Mahmoud Baydoun foi o primeiro eliminado do 'No Limite'. O sexólogo, que fazia parte da equipe Calango, recebeu 5 votos por ter atrapalhado a tribo na prova da imunidade. Assim que deixou o programa, ele fez uma live para revelar os bastidores do acampamento e afirmou que sabia que seria difícil permanecer no reality.

"Jogo de macho hetero, não é para mim", disse Mahmoud, que achou as provas difíceis e parecidas com a rotina do exército. 

Leia também

O sexólogo contou que gostaria de ter mostrado mais o seu potencial, mas depois entendeu o motivo que levou os outros participantes a votarem nele. Na eliminação, o ex-BBB não quis beijos e abraços.

"Fiquei com raiva de todo mundo que votou em mim. Gosto da Gleici e do Kaysar porque são meus amigos, o resto estou cagando. A pessoa vota para te eliminar e você vai dar beijinho? Fiquei com raiva. A gente é ser humano", justificou.

Assim que deixou o confinamento, Mahmoud se assustou com as notícias. "A morte do Paulo Gustavo, o massacre em Jacarezinho, isso me gerou muita ansiedade. O verdadeiro 'No Limite' é aqui fora. Ali é só um jogo. Estou muito de boa", concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos