Eliminação de Mussunzinho mostra fraqueza das plantas e amadorismo do grupão

·3 minuto de leitura
Mussunzinho foi o segundo eliminado (Foto: Reprodução/RecordTV)
Mussunzinho foi o segundo eliminado (Foto: Reprodução/RecordTV)

Mussunzinho foi eliminado de "A Fazenda 13" com apenas 23,52% dos votos nesta quinta-feira (30). O ator enfrentou Dayane Mello (45,92%) e Acrebiano (30,56%) na segunda roça da temporada. Sem torcida, com poucos momentos de destaque no jogo e uma sequência de desentendimentos com Erika, ele acabou levando a pior. O resultado, é claro, diz muito sobre as narrativas do game. O problema é que nem todos os participantes estão dispostos a enxergar a realidade.

A primeira eliminada do programa foi Liziane Gutierrez, que pouco entregou quando esteve na sede. Ela saiu com 26,15% em uma roça contra Solange (26,44%) e Nego do Borel (47,41%), que deram mais o que falar durante a semana. A eliminação de Mussunzinho segue o mesmo caminho. Mostra que o público quer manter no jogo pessoas que movimentam a casa até encontrar um favorito.

Leia também:

Apesar de sempre dar suas opiniões, Mussunzinho fez a linha apaziguadora em muitos momentos. Ele ficou amigo de peões polêmicos e esteve em conversas que não caíram bem. A tristeza que manifestou com a expulsão de Nego do Borel, acusado de estupro, chocou parte dos telespectadores e foi o "fim da picada". Como não pensou em nenhum momento que Dayane pode ter sido vítima?

Em conversas com outros homens da sede, Mussunzinho também chegou a reclamar do comportamento de Erika como fazendeira. O olhar com desprezo e incômodo em vê-la ditando as regras fez com que a moça se sentisse ofendida e inferiorizada por ser mulher. Em um papo antes da formação da roça, ele disse para ela que não concordava com suas atitudes. Foi assim que Erika, que já havia se entendido com Bil e MC Gui, resolveu indicá-lo para a berlinda.

Na justificativa, a fazendeira falou sobre ter sofrido machismo durante seu mandato e Mussunzinho não aceitou o discurso. Ele chegou a dizer que Erika deveria pedir desculpas para que o público não o massacrasse. Mesmo sem saber tudo que aconteceu e como a moça se sentiu, praticamente a casa toda comprou o barulho do ator. Tati Quebra Barraco chegou a discutir feio com Erika.

Erika foi confrontada após saída de Mussunzinho (Foto: Reprodução/RecordTV)
Erika foi confrontada após saída de Mussunzinho (Foto: Reprodução/RecordTV)

A eliminação de Mussunzinho mostra que Erika não estava completamente errada. Ela mesma interpretou a saída do artista dessa forma. Ainda assim, o "grupão" continua buscando explicações da moça e a responsabilizando pela saída do artista. Inteligente, a ex-bailarina do Faustão afirmou que o que elimina são as atitudes de cada um a partir do julgamento do público e não o seu discurso. 

Quem conhece reality sabe onde essa "brincadeira" termina. A maioria dos participantes se mostram "amadores" quando resolvem insistir em uma narrativa que poderia ser finalizada com a saída de Mussunzinho. O público já respondeu o que achou da treta. O objetivo, agora, deveria ser zerar o que aconteceu com Erika e seguir em frente para que ela perdesse a posição de destaque.

É claro que ainda é cedo para falar em favoritismo, mas se a maioria da casa continuar excluindo a moça e cobrando explicações de um voto que já foi definido, a tendência é que ela seja abraçada pelo público, fortaleça seu enredo e os outros caiam de um por um.  

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos