Eliminação de Erika coloca fim no enredo mais forte de ‘A Fazenda 13’

·2 minuto de leitura
Erika Schneider foi eliminada na terceira semana (Foto: Reprodução/RecordTV)
Erika Schneider foi eliminada na terceira semana (Foto: Reprodução/RecordTV)

Resumo da Notícia:

  • Erika foi eliminada com 30,24% dos votos em uma roça contra Dayane e Tiago

  • A ex-bailarina estava na mira da maioria após apontar machismo

  • Elenco precisa criar novos enredos para atrair o público

Erika Schneider foi eliminada de "A Fazenda 13" com 30,24% dos votos nesta quinta-feira (7) deixando muita gente surpresa. A ex-bailarina do Faustão enfrentou Dayane (33,69%) e Tiago (36,07%) na terceira roça da temporada. Apesar da disputa acirrada, bom desempenho nas enquetes e um enredo forte, ela levou a pior. O resultado fez a sede virar de cabeça para baixo com uma confusão generalizada na madrugada desta sexta-feira (8). 

Erika estava na mira da maioria dos participantes após ter apontado comportamentos machistas do elenco quando se tornou fazendeira. Incomodados, os rapazes não aceitaram o posicionamento dela e passaram a criticar tudo que a moça fazia. Assim que teve oportunidade, o "grupão" se juntou e colocou a ex-bailarina na roça. A divisão de votos entre ela e Day, considerada aliada, deu ruim para a loira. Tiago, por sua vez, contou com o apoio dos seus fãs e foco de outras torcidas (Tati Quebra Barraco, MC Gui, Victor, Gui Araújo etc).

Leia também

Programa perde com eliminação da bailarina

A volta de Erika seria interessante para abalar a casa. Até o momento, a briga dela com os homens era o enredo mais forte da temporada. Amiga de Rico, que não para de causar, a moça tinha potencial para entregar muito mais entretenimento que Tiago, considerado planta e querido por todos na sede. Além de incomodar com sua presença, Erika tinha motivos para querer se vingar das pessoas que votaram nela. Certamente, novos enredos surgiriam a partir disso.

Com a saída de Erika, o que resta ao público é esperar o surgimento de novas narrativas. Além de Rico Melquiades, que permanece vivo contra o "grupão", quem mais vai querer enfrentar a maioria? Impulsivo e debochado, Rico cometeu erros no início e recebeu apoio de parte do público justamente por ser "sensato" ao defender Erika dos comentários machistas. Qual será o motivo de treta agora? 

Aos que gostam de jogo e não enxergam "A Fazenda" como uma casa de reabilitação, é preciso torcer para que o "grupão" se divida e novas histórias sejam contadas o quanto antes. A briga pela briga, como rolou na madrugada desta sexta-feira (8), com direito a pedido de expulsão, pode até atrair a curiosidade do público para a edição da Record, mas não tem o apelo que as jogadas pensadas e divisões de grupos causam e deixam os fãs vidrados para acompanhar o dia a dia dos peões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos