Eleitores terão tempo extra para conferir voto na urna eletrônica

*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL.- 22.08.2022 - Ensaio das urnas eletrõnicas armazendadas na 1ª Zona Eleitoral de São Paulo. Local de armazenagem e dos dois modelos que serão usados. A urna mais nova será utilizada pela primeira vez nesta eleição. (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL.- 22.08.2022 - Ensaio das urnas eletrõnicas armazendadas na 1ª Zona Eleitoral de São Paulo. Local de armazenagem e dos dois modelos que serão usados. A urna mais nova será utilizada pela primeira vez nesta eleição. (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os eleitores terão um tempo extra para conferir o voto na urna eletrônica, na eleição deste domingo (2).

Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), pela primeira vez, a urna eletrônica liberará a confirmação do voto após um segundo do preenchimento dos números do candidato para cada cargo.

Ainda segundo o tribunal, a cada confirmação de voto para cada cargo em disputa no pleito desse ano, a urna emitirá um som breve.

Ao fim, depois da escolha do candidato a presidente, o aparelho emitirá o clássico som, mas por um período mais longo.

"Foi introduzido para estimular a conferência do voto e impedir que o eleitor confirme sem querer", afirma chefe da seção de voto informatizado do TSE, Rodrigo Coimbra.

Além do cargo de presidente, estão em disputa os cargos de deputado estadual ou distrital, deputado federal, senador e governador.