Anitta afirma que ainda vai pesquisar candidatos, mas já descarta voto em Bolsonaro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
LOS ANGELES, CALIFORNIA - JUNE 11: Anitta performs onstage during LA Pride's Official In-Person Music Event
Anitta quer ajudar a população a escolher os candidatos de outubro (Foto: Rodin Eckenroth/WireImage)

Resumo da Notícia:

  • Anitta quer ampliar as discussões sobre política durante as eleições

  • A cantora ressaltou que não tem um candaidato e vai estudar quase todos os concorrentes

  • Indecisa, ela ressaltou que pessoas como ela devem ser acolhidas

Há cerca de dois anos, Anitta tem se dedicado a aprender mais sobre política e não se ausenta quando assuntos relacionados entram na pauta. Nesta segunda (28), ela teve um papo sincero com os seguidores sobre as próximas eleições, em outubro.

Após o pedido de um fã para que ela declarasse seu apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a cantora ponderou que não o faria porque quer estudar os candidatos ao Palácio do Planalto. No entanto, ela já se declara publicamente contra o atual presidente da República.

“Óbvio que Voldemort é o oposto disso tudo então essa possibilidade pra mim não existe”, disse em referência a Jair Bolsonaro (PL).

“Quero esperar o dia limite da eleição pra estudar os candidatos e tomar minha decisão. Minha real vontade é que o Brasil encontre um meio termo onde o resultado não vá partir o país no meio e fazer as pessoas não se tolerarem mais. Nada na vida dá pra ser 100% como a gente quer”, ressalta. As opções da terceira via, no entanto, não tem decolado e tudo indica que o pleito será disputado entre Lula e Bolsonaro.

Ainda assim, Anitta desejou um país mais tolerante com foco nas decisões ligadas ao que “realmente importa ao invés de ficar perdendo tempo com discussão que não leva a nenhum lugar”.

A cantora quer acompanhar as campanhas e avaliar as chances de vitória e os riscos que eles podem representar para o país. “Nós temos até o dia 2/10 pra tomar essa decisão. E pretendo usar cada dia. Uma coisa que definitivamente vou fazer é promover e divulgar o estudo sobre política básica pra galera aprender (junto comigo) em quem estaremos votando”, adianta.

Ela quer ajudar o público a entender não só a importância para eleger um presidente, mas todos que puderem ser votados. “Os outros cargos não estão ali à toa e são eles que votam nas decisões que o presidente propõe. Então conseguir um cenário equilibrado é muito importante pra todos tenham voz na hora das decisões”, alerta.

Vira voto

Anitta chegou a ser pressionada por fãs que alegam que não há motivos para indecisões há menos de 100 dias da eleição. Ela pediu aos seguidores que tenham mais empatia para tratar com quem, assim como ela, ainda não escolheu um lado. “Se você é a favor da democracia e da liberdade é seu dever respeitar meu direito de querer estudar outros candidatos e esperar pra decidir votar de acordo com o que eu acredito”, alerta.

Um outro seguidor argumentou: “Se tu quer tanto salvar o brasil a única alternativa é o Lula, anta (risos) Tá estudando e não viu as pesquisas ainda?” E ela não economizou na resposta: “Trate assim os indecisos e você verá para qual lado eles vão decidir votar na hora que só tiver esses dois lados pra ir. Se realmente só tiver dois lados pra ir, já escolhi o meu faz tempo, mas nem todo mundo escolheu”, avaliou.

Anitta ainda completa: “Qualquer pessoa que pense diferente de você deveria ser recebida com compreensão e empatia. Daí a pessoa vai parar pra te escutar. Daí você explica educadamente os motivos dessa decisão”, conclui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos