"Ele não me deixava nem piscar": Anna Kendrick reflete sobre as condições exigentes das filmagens de Scott Pilgrim

Paramount Pictures
Paramount Pictures

Lançado há 12 anos, o terceiro longa-metragem de Edgar Wright chegou às telonas e encantou os fãs de histórias em quadrinhos: Scott Pilgrim Contra o Mundo (2010), adaptação de uma HQ canadense que se tornou um dos trabalhos mais queridos do diretor, responsável também por Em Ritmo de Fuga e Noite Passada em Soho.

A atriz Anna Kendrick, que interpretou Stacey Pilgrim, irmã do apaixonado protagonista vivido por Michael Cera, comentou recentemente em entrevista à Vanity Fair que, durante a filmagem de certas sequências na produção, o diretor Edgar Wright havia exigido que os atores simplesmente não piscassem – especialmente na primeira luta do filme.

"Há um travamento do zoom no final da cena quando Kieran [Culkin] roubou completamente meu namorado. E tivemos que fazer isso de novo, travar o zoom várias vezes, porque Edgar era extremamente preciso, ele nem me deixava piscar. Ele não deixaria você piscar. Em momentos específicos, ele me dizia: 'Uma piscada deliberadamente oportuna seria bom'. Foi muito generoso da parte dele, ele queria que eu virasse, reagisse, fizesse o zoom travar, aí eu falei a fala (...) Bill Pope, o diretor de fotografia, acabou assumindo e dirigindo a câmera e o zoom travando. E cada vez que compensávamos um ao outro quando perdíamos o momento perfeito. Isso durava para sempre", disse.

Anna Kendrick aceitou o papel para trabalhar com Edgar Wright

Ainda na entrevista à Vanity Fair, Anna Kendrick admitiu que o roteiro escrito por Edgar Wright e Michael Bacall inicialmente a surpreendeu, mas que ela aceitou o papel especialmente para trabalhar com o diretor. "Vou ser sincero, quando li esse roteiro pela primeira vez, pensei: 'Não entendo totalmente isso. Mas eu amo Todo Mundo Quase Morto, eu amo Chumbo Grosso, 'e eu só queria trabalhar com Edgar Wright. Mas eu me lembro disso no papel como, 'não sei como isso vai funcionar, mas vou confiar em como ele observa isso', o que ele fez. É tão incrível", ressalta a intérprete de Stacey Pilgrim.

Scott Pilgrim (Michael Cera) tem 23 anos, integra uma banda de colégio, vive trocando de emprego e tem um namoro firme. Sua vida está maravilhosa, até conhecer Ramona V. Flowers (Mary Elizabeth Winestead). Ele logo se apaixona perdidamente por ela, só que não será fácil conquistar seu amor. Para tanto ele precisa enfrentar os sete ex-namorados dela, que estão dispostos a tudo para impedir sua felicidade com outra pessoa.

Leia o artigo em AdoroCinema

Um dos filmes de desastre mais divertidos dos últimos anos está no Prime Video: Ficção científica com Gerard Butler pode ganhar sequência