Efeito placebo funciona mesmo quando estamos cientes da ausência de medicamento

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Você certamente já ouviu falar em efeito placebo, aquele em que o paciente acredita estar se curando através de efeitos psicológicos associados a determinados tratamentos. Pois um estudo realizado pela Universidade de Harvard e a Universidade de Basileia acaba de concluir que mesmo estando ciente da ausência de medicamento, o paciente pode obter melhoras através do placebo.

Um grupo de pessoas que sofreram pequenas queimaduras foram instruídos pelos pesquisadores a se tratarem com um creme de tratamento e apenas alguns dos participantes sabiam que se tratava de um placebo e que o creme, na verdade, não possuía funções curativas.

Ambos os grupos relataram melhoras após a aplicação do produto e o estudo desbanca o pensamento médico tradicional que afirma que o paciente deve ser enganado para que o tratamento seja eficaz.

Ao todo foram 160 participantes com idades entre 18 e 65 anos, sendo mais da metade composta por mulheres. Três grupos foram formados: o primeiro foi um grupo de controle que não recebeu nenhum tratamento, o segundo foi informado que o creme iria adormecer a pele e o último teve conhecimento de que o creme não continha nenhum remédio.

O significado do placebo foi explicado detalhadamente ao último grupo, que foi informado de que esta forma de tratamento já ajudou pacientes com sintomas de dor, asma e até depressão. No fim, todos os grupos deveriam explicar o que sentiram após usarem o creme e foi descoberto que todos reagiram da mesma forma positiva ao efeito do placebo.