In-Edit exibe mais de 50 documentários inéditos sobre ícones da música

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A 13ª edição do In-Edit Brasil, o Festival Internacional do Documentário Musical, ocorrerá entre os dias 16 e 27 de junho, em formato online, e exibirá mais de 50 filmes inéditos.

Entre os filmes brasileiros selecionados para o festival deste ano, há longas como "Secos & Molhados", de Otávio Juliano, "Jair Rodrigues - Deixem que Digam", de Rubens Rewald, e "Paulo César Pinheiro - Letra e Alma", de Andrea Prates e Cleisson Vidal.

A mostra, que traz uma série de documentários nacionais e internacionais sobre o setor musical, acontecerá no site do evento e, parcialmente, nas plataformas do Sesc Digital e do Spcine Play.

A programação será divulgada no dia 1º de junho.

Confira a seguir a lista completa dos documentários brasileiros da In-Edit Brasil deste ano, dividida nas seções Competição Nacional, Mostra Brasil e Curtas Brasileiros.

*

COMPETIÇÃO NACIONAL

- Alzira E. Aquilo Que Eu Nunca Perdi", de Marina Thomé

- "Canto de Família", de Paula Bessa Braz e Mihai Andrei Leaha'Chico Mário - A Melodia da Liberdade', de Silvio Tendler

- "Dois tempos", de Pablo Francischelli

- "Jair Rodrigues - Deixem que Digam", de Rubens Rewald

- "Paulo César Pinheiro - Letra e Alma", de Andrea Prates e Cleisson Vidal

- "Secos & Molhados", de Otávio Juliano

- "Swingueira", de Bruno Xavier, Roger Pires, Yargo Gurjão e Felipe de Paula

- "Toada de José Siqueira", de Eduardo Consonni e Rodrigo T. Marques

MOSTRA BRASIL

- "Brincando com Maracatu", de Mike Felipov

- "Filme Hõkrepöj", de Carlos Nacimbeni

- "Gritando!", de Alexandre Mapa

- "Histórias e Rimas - O Filme", de Rodrigo Giannetto

- "Esta é Uma Banda Made in Brazil", de Egler Cordeiro

- "Speedfreak$: Psicopata Camarada", de Rafa Porto

CURTAS BRASILEIROS

- "Ventos Que Sopram Maranhão", de Neto Borges, Brasil

- "Anti-corpos - Pieces of Queer Tour", de Brunella Martina

- "Esse é o Meu Corre", de Arcelino Batista dos Santos

- "João Bosco e Aldir Blanc. Parceria é Isso Aí", de Pedro Pontes

- "Noite de Seresta", de Sávio Fernandes e Muniz Filho

- "Raízes - Um Piano na Amazônia", de Carla Ruaro, João Santos e Tatiana Cobbett

- "Shirá", de Ary Diesendruck

- "Tambor ou Bola", de Sérgio Onofre

- "Texas Carlos Massacre", de Gurcius Gewdner

"A Viagem de Ebrima", de Iago Seoane e Rudá Rosa

*

13ª EDIÇÃO DO IN-EDIT

Quando 16 a 27 de junho

Onde In-Edit, Sesc Digital e Spcine Play

Preço Filmes nacionais gratuitos (com limite de visualizações); e internacionais sob o valor de R$ 3 cada.

Link: https://br.in-edit.org/

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos