Edimilson de Almeida Pereira vence o prêmio São Paulo de literatura

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O escritor mineiro Edimilson de Almeida Pereira é o vencedor do prêmio São Paulo de literatura deste ano. Com uma carreira consolidada como poeta, ele vence pelo romance "Front", publicado pela editora Nós.

Prolífico, Pereira também publicou no último ano "O Ausente" pela Relicário e "Um Corpo à Deriva" pelas Edições Macondo. A editora 34 publicou uma antologia com o melhor de sua poesia há dois anos.

O autor é um dos destaques da programação principal da Flip, que começa no próximo sábado. No domingo, dia 28, ele dividirá uma mesa com a francesa Véronique Tadjo, de origem marfinense. Pereira já participara da Flip há quatro anos, na edição que homenageou Lima Barreto.

Em "Front", um livro narrado em prosa poética, o autor tece a história de um homem que se cria a partir dos escombros de uma cidade hostil e violenta.

A escritora gaúcha Morgana Kretzmann foi a vencedora na categoria de melhor romance de estreia, com o livro "Ao Pó", publicado pela editora Patuá. O livro narra o retorno de uma mulher que testemunhou um crime sexual à pequena cidade onde ele aconteceu.

Cada um dos dois vencedores receberá um prêmio de R$ 200 mil, o mais alto valor individual para os troféus literários do país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos