Edição especial da Barbie é lançada no México para o Dia dos Mortos

Agência


Uma nova edição da boneca Barbie inspirada na popular festa mexicana do Dia dos Mortos foi lançada nesta quinta-feira, 12, convertendo um elegante esqueleto conhecido como Catrin", adornado com borboletas e flores. La Catrina, na cultura popular mexicana, é a representação do esqueleto de uma dama da alta sociedade.

A boneca, baseada no famoso personagem criado pelo cartunista José Guadalupe Posada em 1912, é "uma homenagem ao México, suas tradições e seu povo", de acordo com a Mattel, fabricante do brinquedo.

O exemplar, cujo preço chega a 1.750 pesos (cerca de R$ 360 na cotação atual), usa um vestido decorado com flores coloridas e, em seus longos cabelos pretos com mechas azuis, borboletas-monarca e flor cempasuchil.

"A boneca foi desenhada com muito amor pela tradição, porque o designer, Javier Meabe, tem raízes mexicanas e conhece a importância deste feriado", explicou Cristina Lorenzo, vice-presidente de marketing da Mattel México. O vestido da Catrina foi inventado pelo pintor mexicano Diego Rivera em 1947 para o mural Sonho de uma tarde de domingo na Alameda.

A festa do Dia dos Mortos, realizada em 1 e 2 de novembro, foi nomeada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco em 2003.


A Barbie Dia dos Mortos é a terceira boneca inspirada em mulheres mexicanas, depois das edições dedicadas à famosa pintora Frida Kahlo e à golfista Lorena Ochoa lançadas em março.

A boneca em homenagem a Kahlo não pôde ser vendida no México porque a família da artista não ficou satisfeita com a imagem, considerando que a estética incorporada na figura não correspondia à imagem da pintora.

A Barbie completa 60 anos este ano e, desde sua apresentação no New York Toy Salon, em março de 1959, vendeu mais de 1 bilhão de exemplares.

VEJA TAMBÉM: Boneca Barbie completa 60 anos de existência

Boneca Barbie completa 60 anos de existência Conheça a história da boneca mais famosa do mundo. MM_AG_PT_ASSET_GROUP_39461 Barbie

Neste sábado, 9 de março, a boneca mais famosa do mundo completa 60 anos de existência. Conheça os momentos mais marcantes da história da Barbie.

Instagram/@barbie MM_AG_PT_ASSET_976564 Ken, o namorado

O namorado da Barbie foi apresentado ao público em 1961, sendo inspirado em Kenneth, filho da criadora.

Divulgação/Mattel MM_AG_PT_ASSET_975751 Locomoção

O primeiro veículo da Barbie foi um Austin-Healey 3000 MKII BN7, que chegou às lojas em 1962. O carro era cor de pêssego e conversível. Desde então, a boneca já teve bicicleta, trailer, moto, navio e até mesmo um avião.

Divulgação/Mattel MM_AG_PT_ASSET_975770 Barbie astronauta

A Barbie astronauta chegou à Lua quatro anos antes do homem. Em 1965, a boneca mostrava às pequenas garotas que era possível alcançar as estrelas.

Divulgação/Mattel MM_AG_PT_ASSET_975772 Homenagens

Ao longo dos anos, Barbie prestou homenagens à diversas personalidades e artistas renomadas. A primeira delas foi a modelo Twiggy, em 1967, que usava um vestido listrado e botas amarelas. A pintora feminista Frida Kahlo também ganhou sua versão da boneca.

Divulgação/Mattel MM_AG_PT_ASSET_975773 Primeira negra

Christie fez história como a primeira boneca negra, lançada em 1968 como parte do movimento por direitos iguais.

Divulgação/Mattel MM_AG_PT_ASSET_975774 Barbie para presidente

Barbie se candidatou à presidência dos Estados Unidos pela primeira vez em 1992. Desde então, a boneca continua participando de todas as eleições do país.

Divulgação/Mattel MM_AG_PT_ASSET_975777 Boneca mais vendida

No mesmo ano, Barbie lançou a boneca que se tornaria a mais vendida de todos os tempos: Totally Hair Barbie. Os longos cabelos eram quase do tamanho da boneca e traduziam a moda do início da década de 1990. O sucesso foi grande e, em 2017, ela foi relançada para comemorar o aniversário de 25 anos da Totally Hair.

Divulgação/Mattel MM_AG_PT_ASSET_975785 Língua de sinais

Ainda em 2001, o lançamento da Barbie professora da língua de sinais norte-americana (ASL) trouxe inclusão aos deficientes auditivos. Suas mãos interpretavam a frase “eu te amo” e ela acompanhava ilustrações de outras palavras comuns, assim como o alfabeto.

Divulgação/Mattel MM_AG_PT_ASSET_975816 Instagram

Em 2014, Barbie entrou para o Instagram como influenciadora digital. Quase duas milhões de pessoas seguem o perfil @barbiestyle, em que a boneca compartilha seu estilo de vida, looks e momentos com as amigas.

Instagram/@barbiestyle MM_AG_PT_ASSET_975835 Representatividade

Com o objetivo de desconstruir o padrão de beleza que cultivou por anos, a Barbie ganhou bonecas com diferentes tipos de corpo, tons de pele, penteados e roupas em 2016. A novidade levou Barbie para a capa da revista Time.

Divulgação/Time MM_AG_PT_ASSET_975842 Hijab

Em 2017, Barbie usou um hijab pela primeira vez como parte da coleção 'Sheroes', que transforma mulheres reais em bonecas. Ela foi inspirada na esgrimista Ibtihaj Muhammad, que fez história nas Olimpíadas do Rio de Janeiro ao ser a primeira norte-americana a participar do evento e ganhar uma medalha usando o hijab.


Divulgação/Mattel MM_AG_PT_ASSET_976275 Profissões

A Barbie já teve várias carreiras, como bailarina, comissária de bordo, professora, médica ou cantora. Em junho de 2018, ela ganhou uma versão de engenheira robótica, para encorajar meninas a aprender habilidades reais de codificação. A boneca usava óculos de proteção e acompanhava lições de programação grátis.


Divulgação/Mattel MM_AG_PT_ASSET_976286 Iris Apfel

Designer de interiores e ícone da moda, Iris Apfel ganhou sua própria Barbie em setembro de 2018. Nesta versão, a boneca aparece com os cabelos mais curtos, um casaco volumoso, muitos colares e os clássicos óculos gigantes. 


Divulgação/Mattel MM_AG_PT_ASSET_976288 Série da Netflix

Em 2018, a série 'Barbie Dreamhouse Adventure' foi lançada na Netflix. Os episódios retratam o divertido cotidiano da boneca com a família, namorado e amigos.

Divulgação/Netflix MM_AG_PT_ASSET_976290 Inclusão

Com a responsabilidade de representar diferentes meninas e mulheres, Barbie sempre apostou na inclusão e diversidade das bonecas. Em fevereiro de 2019, ganhou uma versão cadeirante, assim como uma boneca com perna protética removível.


Instagram/@barbie MM_AG_PT_ASSET_976556 Maya Gabeira

Para comemorar os 60 anos da boneca e o Dia Internacional da Mulher, a Mattel lançou mais bonecas inspiradas em mulheres da vida real. Maya Gabeira representou o Brasil na lista e ganhou uma boneca surfista. 

Divulgação/Mattel/Instagram/@maya MM_AG_PT_ASSET_975783 Padrão de beleza

O padrão de beleza da Barbie já causou muitas críticas. A boneca é loira, magra e alta, o que pode influenciar a estética de crianças e adolescentes e acarretar em distúrbios alimentares. Além disso, a boneca é rica, famosa, estilosa e tem um namorado bonito, o que reforça ainda mais a ideia de perfeição.

Instagram/@barbiestyle MM_AG_PT_ASSET_976553 Roupas exclusivas

Uma das funcionalidades que mais garantiu sucesso à Barbie é a troca de roupa, motivando grifes de renome a criar dezenas de looks para a boneca. O estilo das roupas, inclusive, demonstra os detalhes da moda de cada época desde sua criação no final dos anos 1950.

Instagram/@barbiestyle MM_AG_PT_ASSET_976554 60 anos

Em 60 anos de história e mais de 200 profissões, Barbie segue sendo uma inspiração para jovens meninas buscarem seus sonhos e terem a certeza de que podem realizá-los. Feliz aniversário, Barbie!


Instagram/@barbiestyle MM_AG_PT_ASSET_976557