Eddie Murphy foi obrigado a escalar ator branco em "Um Príncipe em Nova York"

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
'Um Príncipe em Nova York 2' já tem data de estreia
Eddie Murphy e Arsenio Hall em 'Um Príncipe em Nova York 2' (divulgação)

Eddie Murphy e Arsenio Hall foram obrigados a escalar Louie Anderson em "Um Príncipe em Nova York" (1988). A exigência partiu do estúdio Paramount Pictures, que exigia ao menos um ator branco no projeto.

A dupla de atores, que se prepara para lançar a continuação do clássico da comédia, comentou sobre o episódio no programa de Jimmy Kimmel em entrevista recente. 

Leia também:

"Eu amo Louie, mas acho que fomos forçados a colocá-lo nisso. "Fomos forçados a colocar uma pessoa branca", disse Hall. Eddie Murphy completou: "Isso foi na década de 1980, sabe? Então foi tipo: 'Precisamos ter pessoa branca no filme. Eu fiquei tipo: 'Como?'".

A resposta surgiu após Kimmel perguntar como havia sido o convite para Anderson atuar no longa. "Quem era o cara branco mais engraçado que existia? Nós sabíamos que Louie era legal, então foi assim que ele entrou para o filme", disse Eddie.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Jimmy, era uma coisa oficial. Eu tinha uma lista. Eles me deram uma lista com três caras brancos. E me perguntaram: 'Com quem você prefere trabalhar?' Eu disse: 'Com o Louie'.”, finalizou o relato Hall.

Confira abaixo a entrevista (a partir dos 8:20):

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.