EaD e o poder de transformar vidas por meio dos estudos

*Conteúdo apresentado por Senac EAD

Que a Educação a Distância (EaD) vem mudando o jeito do brasileiro estudar, muita gente já percebeu isso nos últimos anos. Não à toa, o número de alunos na modalidade saltou de 60 mil para 2,06 milhões em 14 anos no País - alta de 3.327% no intervalo entre 2004 e 2018. Mas, além das estatísticas em si, você já parou para pensar em quantas vidas mudaram para melhor graças à modalidade de ensino que flexibiliza horários e abre portas a milhares de pessoas que jamais pensaram ser possível possuir um diploma de Ensino Superior? 

Pois é! O Senac selecionou para você histórias de alunos que viram no EaD a chance de promover uma verdadeira mudança através dos estudos. Afinal, eles comprovam que, quanto menos barreiras, maior é o poder de transformação da Educação.

Nunca é tarde

Eduardo Lopes da Silva é comerciário, tem 50 anos e mora em Viamão (RS). Começou a trabalhar em 1984, aos 14 anos, como empacotador. Hoje, é gerente de um supermercado em Porto Alegre (RS). Sempre quis sentar em um banco de faculdade e trilhar um caminho de conquistas no Ensino Superior, mas não teve escolha. Ou trabalhava ou estudava. Por isso, optou pelo primeiro e acabou aprendendo tudo sobre o ramo de supermercados no dia a dia. A ponto de ter crescido e passado a administrar uma unidade de uma rede gaúcha do setor. 

Mesmo com o reconhecimento profissional, ainda faltava concluir um sonho: a conquista do diploma universitário. Foi aí que o Senac EaD entrou em cena para ajudar a mudar a vida de Eduardo. Sem tempo de ir a uma faculdade diariamente por conta de sua rotina atribulada, mas determinado a ficar ainda mais antenado no que acontece no mercado, ele optou pelo curso EaD de Tecnologia em Gestão Comercial. Está no 2º período e, feliz da vida, deverá conquistar o diploma com que tanto sonhou no final de 2020. 

Uma jornada que exige sacrifícios, é claro, mas que Eduardo faz questão de dividir com amigos, colegas de turma e quem mais estiver a fim de fazer da própria carreira um exemplo.

"Tenho convicção que, tanto no curso presencial quanto no EaD, o que determina o aprendizado são empenho e interesse do aluno. Começo os meus estudos às 7h30 e vou até as 10h, de segunda a sexta-feira. Aos sábados e domingos, se precisar, faço algumas horas de aulas também. Acaba sendo muito mais prático, pois como gerente eu trabalho das 10h30 às 22h no supermercado. Tenho total apoio da família e acabo ficando sozinho em casa no período de estudos, pois a minha esposa sai cedo para o serviço e nossos filhos já casaram. Eu já fiz trabalhos da faculdade de madrugada e muitas pesquisas também, sempre com foco e força de vontade".

O comerciário explica que não é nenhum bicho de sete cabeças tirar as dúvidas que surgem durante as aulas. Afinal, há dois caminhos para contato com os professores: os fóruns disponibilizados no ambiente virtual e o e-mail, no caso de questões mais urgentes. "Tudo no EaD começa pelo programa de ambientação do Senac, que é excelente, esclareceu as minhas dúvidas e foi fundamental para mim no primeiro semestre".

E o futuro? Eduardo faz questão de frisar que sempre aprendeu na prática a fazer o que lhe era proposto e agora poderá unir a experiência ao conhecimento do curso de Gestão Comercial. "Sempre aproveitei as oportunidades que recebi e será uma alegria compartilhar o meu aprendizado com aqueles que fazem ou farão parte da minha presença, como colaborador ou amigo". E brinca. "Eu me imaginava sim fazendo um curso superior, o que nunca imaginei foi dar uma entrevista".

Em busca de sonhos

Com a auxiliar de produção Maura Delfim, de 46 anos, moradora de Piracicaba (SP), não tem tempo ruim. Tanto que, mesmo trabalhando em horário comercial e perdendo duas horas de seu dia só para ir e voltar do serviço, ela se matriculou no curso de Tecnologia de Gestão de Recursos Humanos e está no 2º período. Adaptou-se à rotina de estudos, passou a dominar a plataforma digital do Senac e admite que, se não fosse o EaD, não conseguiria fazer uma faculdade neste momento.

"Organizo meus horários dentro das necessidades que possuo. Poder estudar dentro de minha casa, sem precisar me locomover até a faculdade, é um diferencial, pois não é fácil voltar a estudar depois de tanto tempo e conciliar este desafio com as tarefas de dona de casa, mãe e esposa, tudo isso depois de chegar do trabalho. Mas tenho todo apoio da família. Durante a semana, estudo à noite. Nos finais de semana, procuro estudar durante o dia. E ajuda bastante eu poder rever as aulas na web quantas vezes quiser e ler e reler o material de estudo".

Maura conta que não deu bola aqueles que olharam com desconfiança para ela quando a ideia de fazer um EaD foi compartilhada. Em especial porque uma de suas filhas já havia feito dois cursos técnicos no Senac e conhecia tanto a qualidade da instituição quanto os valores acessíveis. "O material de estudo é muito rico com informações e de fácil compreensão". Por isso, está feliz da vida e não dá bola para a idade ao pensar no futuro. "Meu sonho é conseguir um emprego em uma multinacional. Sei que já estou com uma certa idade para isso, mas é preciso ter sonhos para que um dia eles se tornem realidade, quem sabe?"

Serviço

O Senac oferece 13 cursos de graduação EaD. São eles: Gestão Comercial, Pedagogia, Administração, Ciências Contábeis, Comércio Exterior, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Gestão Pública, Logística, Marketing, Processos Gerenciais, Gestão Ambiental e Gestão da Tecnologia da Informação. Todos com um ambiente virtual de ensino moderno, conteúdo exclusivo e agilidade na hora de tirar as dúvidas dos estudantes.

Quer mais? Na edição 2018 do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), aplicado pelo Ministério da Educação (MEC) para avaliar o rendimento dos alunos concluintes dos cursos de graduação, o Senac EaD obteve nota 5, a máxima, nos cursos de Administração, Gestão Financeira e Recursos Humanos. Em 2017, os alunos de Licenciatura em Pedagogia também obtiveram essa mesma nota.

Já os outros seis cursos avaliados no Enade receberam nota 4, a segunda mais alta: Ciências Contábeis, Comércio Exterior, Gestão Comercial, Logística, Marketing e Processos Gerenciais.

Processo seletivo

O processo seletivo para os cursos universitários de EaD são diversificados, assim como ocorre com os cursos presenciais, onde cada instituição determina as suas regras. No Senac, por exemplo, há quatro opções de ingresso no Ensino Superior EaD: nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), redação, diploma e transferência. As seleções ocorrem semestralmente, como na maioria das faculdades espalhadas pelo País.

Ficou animado? Pois as inscrições para o processo seletivo já estão abertas. Elas seguem até o dia 30 de março de 2020. Para participar, inscreva-se no site www.ead.senac.br/graduacao, escolha o curso e polo para realizar as avaliações presenciais obrigatórias.