'É mais importante eu me aceitar do que ter aceitação dos outros', diz Cleo Pires

Redação Vida e Estilo
Cleo contou que foi criada com liberdade para ser quem quisesse (Reprodução/ Instagram/ @cleooficial)
Cleo contou que foi criada com liberdade para ser quem quisesse (Reprodução/ Instagram/ @cleooficial)

Durante sua participação em um evento sobre estética, em São Paulo, Cleo Pires falou sobre a importância da autoaceitação. Em entrevista ao site “PurePeople”, a atriz falou abertamente sobre a plástica que fez no nariz e contou que a mudança a ajudou com sua autoestima. “Foi uma coisa que me ajudou muito com a autoestima. Se eu não pudesse fazê-la, eu teria que lidar de outra forma. A autoestima toca de maneiras diferentes em cada pessoa. Tem gente que quer permanecer da forma como nasceu e outras querem melhorar o que Deus fez“, explicou ela.

A atriz revelou que também sente necessidade de ser aceita, mas se coloca sempre em primeiro lugar. “Sempre achei que poderia ser o que eu era, ou o que quisesse ser, e não o que queriam que eu fosse. Não pensava muito nisso antes. Quando, mais velha, comecei a entender essa coisa de rotular. A repressão e a opressão que sofremos, comecei a me rebelar contra esses rótulos. A gente às vezes acaba se encaixando por querer ser aceito. Eu também quero ser aceita! Mas para mim é mais importante eu me aceitar do que ter essa aceitação dos outros”, afirmou Cleo Pires.

Leia mais:
Letícia Spiller aparece de cara lavada e recebe elogios na web
Mico! Gracyanne Barbosa rasga shorts durante treino de musculação

Cleo Pires atribuiu à sua criação a forma como lida com a vida e a coragem de se mostrar como é. “Fui criada pela minha avó materna e tive muita liberdade. Minha mãe trabalhava muito. Era uma mulher independente, solteira, e tinha uma filha para cuidar. Ela também encontrou pessoas interessantes ao longo da vida e eu estava perto disso. Então, fui criada achando que eu sou mulher e posso ser o que eu quiser!“, disse a atriz.