Duas semanas após o casamento, mulher pede o divórcio e motivo surpreende

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Imagine estar recém-casada e de repente não aguentar mais certas atitudes do marido a ponto de querer se separar. Foi o que aconteceu com a egípcia Samar M., de 28 anos. Duas semanas após subir ao altar, ela pediu o divórcio unicamente porque seu marido, Mohammed S., fazia todas as atividades domésticas.

Segundo informações do jornal Masrawy, Samar não podia participar de nenhuma decisão envolvendo as obrigações do lar, fazendo com que ela se sentisse “em um hotel dentro da própria casa”.

Leia mais: Mulher pede o divórcio após marido ignorar suas mensagens de texto

O casal vive em Nova Cairo, no Egito, e Samar afirma que ela e Mohammed tiveram um bom relacionamento enquanto namoravam, mas a situação mudou quando passaram a conviver juntos. O relacionamento durou dois anos até o casamento e ela conta que agora, o marido não lhe dava “liberdade de agir” e que odiou viver com ele.

Mohammed lava, passa, cozinha e costuma mudar os móveis de lugar a todo instante, principalmente a TV. Tudo isso sem perguntar a opinião de Samar. A jovem tentou pedir ajuda aos sogros, mas eles não acreditaram na história porque o filho nunca havia realizado as tarefas de casa quando ainda moravam com eles.

Leia mais: Segundo estudo, divórcio pode ser genético

Sua solução foi procurar o tribunal de família para se separar do marido. O divórcio de mulheres islâmicas é chamado de khula e se for permitido, Samar precisará devolver o dote oferecido pela família do noivo para o casamento.