Drake sugere que foi detido na Suécia ao publicar orientações da polícia

Drake em evento de batalha de rap
Drake em evento de batalha de rap. Foto: Amy Sussman/Getty Images

Resumo da notícia:

  • Detido? Drake dá a entender que foi intimado na Suécia ao publicar foto misteriosa

  • Rapper compartilhou papel com orientações da polícia sueca para estrangeiros detidos

  • Equipe do artista havia negado o caso

Uma imagem publicada pelo rapper Drake nas redes sociais aumentou os rumores de que ele teria sido preso na Suécia. O artista postou a foto de um papel com orientações da polícia local, mas não escreveu nada sobre o assunto.

O documento em questão detalha os direitos de uma pessoa presa no país europeu. “Informações para suspeitos de um crime e posteriormente detidos”, diz um comunicado do topo da página, abaixo da palavra “Polisen”, que significa “polícia” em sueco.

No texto, é possível identificar uma lista de direitos do detido, escritas em inglês, assim como os de uma pessoa que “não é um cidadão sueco”, como o cantor em questão, que é canadense.

As orientações ainda dizem o que acontece com a pessoa quando é presa na Suécia, o que inclui ser interrogada no tempo máximo de seis horas ou ser levada sob custódia. Mas além desse texto, tudo o que Drake escreveu na legenda foi: "Quero ver a família Ibiza Chubbs".

Vale lembrar que os rumores sobre Drake surgiram na semana passada, de que ele teria sido preso por acusações relacionadas a uso de maconha enquanto curtia a noite em um clube sueco. A hashtag #FreeDrake chegou a virar um dos assuntos mais comentados do Twitter.

No entanto, a equipe do artista negou o ocorrido ao The Hollywood Reporter ao dizer que ele estava em seu hotel em Estocolmo.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos