Perfume de travesseiro, fronha de cetim: como dormir na pandemia?

Colaboradores Yahoo Vida e Estilo
·2 minuto de leitura
Quem não quer uma noite de sono digna? (Foto: Reprodução/Instagram@melacomfort)
Quem não quer uma noite de sono digna? (Foto: Reprodução/Instagram@melacomfort)

Por Baárbara Martinez (@baamartinez)

Neste momento conturbado de pandemia do coronavírus, todos querem uma noite de sono digna. Afinal de contas, nada como um repouso revigorante, ideal para começar o dia bem. Entretanto, em um período tão incerto, a dificuldade para alcançar esse momento relaxante fica mais evidente.

Uma nova pesquisa aponta que, no caso dos brasileiros, 74% dos entrevistados adquiriram um ou mais problemas de sono, com 50% relatando que a pandemia afetou diretamente sua capacidade de dormir bem; além disso, 47% dos participantes disseram que costumam acordar no meio da noite. Os números fazem parte de uma pesquisa feita pela Royal Philips, neste ano, com 13 mil adultos em 13 países, incluindo o Brasil.

Leia também

Segundo o Fábio Porto, neurologista do Hospital das Clínicas de São Paulo, a mudança de hábitos e o estresse causam problemas na hora de relaxar. “Isso altera o ritmo do ciclo vigília-sono. Muitas pessoas que não estão dormindo, possuem dificuldade de pegar no sono e de mantê-lo. A grande parte das insônias tem a ver com o ambiente e rotina, alterou isso, muda a qualidade do sono”, comenta.

Para atender esse público que busca qualidade de vida, o mercado de sleepcare está cada vez mais agitadíssimo. Caminhado ao lado do skincare, produtos como pillow spray (feito para ser borrifado no ambiente, lençóis e cortinas), máscaras para dormir, velas, óleos essenciais, entre outros produtos, andam conquistando seu espaço.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

De acordo com Rafael Rondineli Ceregatti, especialista em sono do Hospital São Francisco de Mogi Guaçu, as vantagens da aromaterapia estão comprovadas. “Produtos que produzem aromas de camomila e lavanda são clássicos que contribuem, e alguns cítricos como capim-limão e a laranja”, afirma.

Focando neste mercado, O Boticário lançou uma coleção de produtos nomeada como Boa Noite, da linha Cuide-se bem, repleta de alguns produtos citados acima. A ideia é promover uma rotina de cuidados especiais antes de dormir, deixando tudo ainda mais aconchegante.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Outra tendência é a troca dos itens de cama. As fronhas de seda e cetim roubam a cena, prometendo manter os cabelos sem frizz ao reduzir o atrito do cabelo com a superfície. Além de ser resistente à ácaros e fungos, conter os sinais de cansaço e marcas no rosto e no cabelo.

“As fronhas de cetim e seda deixam menos o aspecto de ‘rosto amassado’ no outro dia”, explica o dermatologista Breno Marques.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Bem antes da pandemia, a marca Océane, que foi uma das primeiras a não se taxar apenas como uma marca de beleza, e L'Occitane investiram no mercado de ritual noturno. Afinal de contas, qualquer ajuda é válida.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.