Don Everly, metade da banda de rock The Everly Brothers, morre aos 84 anos

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Don Everly, metade da dupla The Everly Brothers, morreu neste sábado (21) em sua casa em Nashville, nos Estados Unidos, aos 84 anos. Um representante da família confirmou a morte ao Los Angeles Times, mas não informou a causa.

O comunicado da família ao veículo lembra que o músico "viveu seguindo o seu coração". "Don expressava seu apreço pela habilidade de realizar seus sonhos com sua alma gêmea e mulher, Adela, e dividindo as músicas que fizeram dele um Everly Brother", dizia o anúncio.

A dupla formada com seu irmão, Phil, se tornou uma das mais influentes da história do rock. O primeiro sucesso veio em 1957, com "Bye Bye Love", que fez os irmãos chegarem ao topo das paradas musicais, atrás apenas de Elvis Presley.

A mistura de rock e country ainda garantiu outras 14 músicas no top dez da Billboard -- "Wake Up Little Susie", "All I Have to Do Is Dream", e "When Will I Be Loved" foram algumas delas.

Além do sucesso nas paradas, o domínio na harmonia vocal da dupla influenciou bandas como os Beatles e a dupla Simon & Garfunkel. O legado foi reconhecido com a presença no primeiro grupo de adições ao Hall da Fama do Rock and Roll, em 1986.

A outra metade dos Everly Brothers, Phil, morreu aos 74 anos, em 2014, em decorrência de uma doença pulmonar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos