Dolly Parton recebe doação de US $ 100 milhões de dono da Amazon

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Jeff Bezos, fundador da Amazon, já começou a distribuir boa parte de sua fortuna para caridade em vida, conforme prometeu recentemente. Segundo a Forbes, o quarto homem mais rico do mundo com um patrimônio estimado em US$ 124 bilhões (cerca de R$ 644,58 bilhões na cotação atual), decidiu doar US $ 100 milhões (mais de R$ 532 milhões) para a cantora americana de country Dolly Parton, conhecida também por seu trabalho de filantropia.

Em 2020, por exemplo, Dolly doou US$ 1 milhão (mais de R$ 5,3 milhões) para pesquisas da vacina contra a Covid-19. Jeff elegeu a cantora para receber Prêmio Bezos Coragem e Civilidade, cujo objetivo é reconhecer quem "busca soluções com coragem e civilidade" e poderá aplicar o dinheiro qualquer área.

Em cerimônia ao vivo realizada no último sábado, 12, então, Jeff Bezos e companheira, Lauren Sanchez, deram o prêmio à Parton e a descreveram como "uma mulher que dá com o coração e lidera com amor em todos os aspectos de seu trabalho". A cantora agradeceu por ter sido uma das escolhidas do milionário para receber a doação.

"Quando as pessoas estão em posição de ajudar, elas devem ajudar. E eu sei que sempre disse 'eu tento colocar meu dinheiro onde meu coração esteja'. E acho que você faz a mesma coisa. Farei o meu melhor para fazer coisas boas com esse dinheiro. Obrigado Jeff", disse Dolly, após receber o prêmio.

Os planos de Bezos de doar parte da sua fortuna foram revelados em uma entrevista à CNN. Durante a conversa, o empresário ainda se comprometeu a doar US$ 10 bilhões - por meio da Bezos Eart Fund - para o combate às mudanças climáticas.