DJ Avicii é homenageado com estátua de cera em museu de Nova York

Ludimila Honorato


O DJ e produtor sueco Tim Bergling, mais conhecido como Avicii, foi honrado pelo Museu Madame Tussauds, em Nova York, com uma estátua de cera. Considerado uma das principais estrelas da música eletrônica, ele foi encontrado morto em abril de 2018.

"Estamos sempre procurando criar as celebridades que causaram um impacto significativo em seu campo, e acho que é fácil ver que o Avicii é um dos músicos mais emblemáticos da nossa geração", disse Tom Middleton, gerente geral do Madame Tussauds Nova York, ao site Billboard.

Ele contou que os designers que trabalharam na criação da figura de cera estudaram horas e horas de filmagens de Avicii, capturando todos os ângulos possíveis para criar as dimensões adequadas. Após meses de trabalho, a estátua estreou nesta terça-feira, 8, na sala de música do Madame Tussauds.


Os visitantes poderão ver o DJ como sempre foi visto: atrás de uma cabine, uma mão no ar, a outra repousando sobre o mixer e um sorriso radiante. A experiência, segundo Middleton, inclui clipes e músicas de alguns dos shows mais emblemáticos dele. "[Queremos] permitir que nossos visitantes revivam isso, tragam isso à vida com luzes e músicas e tenham uma experiência que não será possível viver mais."

O Madame Tussauds tem unidades em cidades dos Estados Unidos, da Europa, da Ásia e em Sidnei, na Austrália. Diversas personalidades figuram entre as estátuas de cera, a exemplo de Meghan Markle e do príncipe Harry, Beyoncé, Jennifer Lopez e Beatles.

VEJA TAMBÉM: Personalidades que viraram estátuas de cera no Madame Tussauds

Veja personalidades que viraram estátuas de cera no Madame Tussauds O museu de cera Madame Tussauds é conhecido por retratar artistas; confira alguns MM_AG_PT_ASSET_GROUP_36757 Beyoncé

Em 2017, a estátua causou polêmica por ter uma pele bem mais clara que a da cantora, aparentemente. Dias depois, graças à repercussão, ela passou por retoques.



 

Twitter / @yasgawdmama MM_AG_PT_ASSET_875707