Distrito 10 terá a mesma abordagem do original, garante Neil Blomkamp

·1 minuto de leitura

O diretor e roteirista Neil Blomkamp segue trabalhando na história de Distrito 10, continuação do seu aclamado drama de ficção-científica Distrito 9. Falando ao Hollywood Reporter, ele deu uma atualização no roteiro do filme e deixou claro não querer seguir a tendência de outras sequências de aumentar demais o escopo em relação ao original.


"Eu acho que a abordagem do primeiro filme é a correta; é só uma questão do roteiro," ele afirmou. "Se tiver um pouco mais acontecendo no roteiro, então você precisa de um pouco mais de dinheiro. Mas eu acho que o filme seria o mais básico e mais cru que conseguíssemos fazer. Isso o torna mais ágil e mais criativo, e pessoalmente, eu gosto disso."


Estrelado por Sharlto Copley, Jason Cope e Nathalie Boltt, a trama gira em torno de um futuro onde alienígenas chegam à Terra e passam a viver separados dos humanos em uma área chamada Distrito 9, na África do Sol, e comandados pela multinacional United, que não se importa com o bem-estar dos seres, mas que está disposta a tudo para dominar a tecnologia que eles possuem. Quando um agente em campo contrai um vírus que altera o seu DNA, o Distrito 9 passa a ser o único lugar em que ele pode se esconder.


Distrito 9 foi indicado a quatro Oscars, incluindo o de Melhor Filme e Melhor Roteiro Adaptado. Rumores e desejos sobre uma continuação existem desde sua estreia, mas Blomkamp só começou a trabalhar na ideia recentemente. A sequência, segundo o cineasta, será baseada na história dos EUA.


Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos