Disney planeja lançar seu serviço de streaming já em 2019

(Imagem: divulgação Disney)

A Disney está trabalhando rápido para tentar quebrar a hegemonia da Netflix. A empresa tem como prioridade lançar seu serviço de streaming até o final do ano que vem, trazendo seu catálogo de atrações clássicas e uma nova leva de produções originais.

Chamado por enquanto de Disney Play, o serviço deverá oferecer filmes como ‘Toy Story 4’, ‘Frozen 2’, ‘Star Wars – Episódio IX’, ‘Capitã Marvel’ e a nova versão de ‘O Rei Leão’ alguns meses depois de suas estreias nos cinemas, como forma de atrair os primeiros assinantes.

Uma longa reportagem da Variety, publicada na última semana, diz que o lendário estúdio terá que abrir mão de comercializar estes conteúdos com terceiros (como a própria Netflix, que hoje exibe muitas das atrações da Disney) para poder fazer seu serviço de streaming decolar, o que financeiramente pode representar um desafio.

A matéria também ouviu de Bob Iger, CEO da Disney, que o estúdio terá foco em qualidade, e não em quantidade. Ou seja, terá produções originais num número bem menor em relação à Netflix. Por isso mesmo, espera-se que o valor da assinatura seja um pouco mais baixo que o cobrado pela principal concorrente.