Disney fará mudança em atração Jungle Cruise para retirar "representações negativas"

·1 minuto de leitura
Fachada da Disneylândia em Anaheim, na Califórnia

LOS ANGELES (Reuters) - A atração Jungle Cruise nos parques temáticos da Disney na Califórnia e na Flórida está passando por uma reforma para remover o que a empresa chamou de "representações negativas" de algumas culturas.

A Disney informou na segunda-feira que a atração de barco será atualizada para "refletir e valorizar a diversidade do mundo ao nosso redor".

Críticos têm acusado o Jungle Cruise, que foi lançado pela primeira vez em 1955, de ter conotações racistas em sua descrição de alguns personagens não ocidentais como selvagens e canibais.

A atração atualizada incluirá novas cenas e um novo enredo, disse a Disney em um blog. Não foi divulgada nenhuma data para o lançamento, mas a Disney afirmou que as mudanças não estão relacionadas com o próximo filme "Jungle Cruise", estrelado por Dwayne Johnson, que deve estrear em julho.

"Esta não é uma nova perspectiva de toda a atração. É o Jungle Cruise que vocês conhecem e amam, com os capitães ainda liderando o trajeto e, ao mesmo tempo, estamos abordando as representações negativas de 'nativos'", disse Chris Beatty, executivo da Walt Disney Imagineering, em uma entrevista.

As mudanças seguem uma avaliação cultural nos Estados Unidos sobre o racismo sistêmico que levou a revisões de vários programas de televisão e filmes.

(Reportagem de Jill Serjeant)