Disney anuncia que seu próximo filme de animação não será lançado nos cinemas da França

O grupo americano Disney anunciou nesta quarta-feira que seu próximo filme de animação, "Mundo Estranho", não será lançado nos cinemas franceses, e sim diretamente em sua plataforma de streaming.

A Disney confirmou à AFP as informações antecipadas pelo site americano Deadline e pelo jornal francês Les Echos.

"É a consequência da 'cronologia de mídias' aplicada na França, que consideramos desigual, punitiva e inadequada às expectativas de nosso público", declarou ao jornal Les Echos a presidente da Disney França, Hélène Etzi.

A 'cronologia das mídias" é o acordo que estabelece para as produtoras e canais de televisão o calendário de exibição de filmes na França.

As empresas que optam por não assinar o convênio, como é o caso da Disney+, precisam esperar 17 meses para estrear na plataforma os filmes exibidos previamente nas salas de cinema.

As condições são ainda mais rígidas para os canais de televisão abertos, que só podem exibir filmes 22 meses depois da estreia nos cinemas.

O objetivo da legislação francesa é proteger as salas de cinema.

Em outros países europeus, a janela de intervalo é muito menor, geralmente de um mês e meio.

A Disney só aplicará a medida com o filme "Mundo Estranho", disse Etzi.

Outro filme de animação da gigante americana, "Lightyear", baseada no personagem de "Toy Story", estreará nos cinemas franceses em 22 junho.

A Disney ainda não tomou qualquer decisão sobre os novos filmes do herói "Pantera Negra" e a aventura "Avatar".

"Avaliamos a situação filme por filme e país por país", comentou a presidente da Disney França.

adm/ac/hh/er/jz/mar

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos