Diretora de 'Friends' diz que se arrepende de alguns episódios da série

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em comemoração ao vigésimo quinto aniversário de "Friends", os diretores David Crane e Marta Kauffman e o produtor executivo da série, Kevin Bright, participaram na sexta-feira (13) do Festival de TV de Tribeca. Na ocasião, fizeram declarações sobre a série que até hoje é um sucesso de público. 

Marta Kauffman, por exemplo, não gostaria de ter roteirizado alguns episódios específicos, como o terceiro da terceira temporada, "Aquele com a geleia". "O que a Phoebe (Lisa Kudrow) começa a namorar o perseguidor de sua irmã gêmea, interpretado por David Arquette. Nós tivemos que o reescrever muito para fazer esse episódio funcionar", declarou. 

Outro episódio que a diretora faria diferente nos dias de hoje é "Aquele com a catapora", da segunda temporada, com a participação especial de Charlie Sheen. "Eu também não tenho muita certeza se a história da catapora funcionou", lamentou Marta.

Em relação a arrependimentos, Crane não conseguiu pensar em nenhum episódio específico, mas confessou que algumas das piadas poderiam ser refeitas. "Tem vezes que penso: 'Uau! Sério? Escolhemos isso? Não poderíamos ter ficado ali por mais dez minutos para encontrar uma piada melhor?", confessou. 

Kauffman também comentou a declaração feita por Jennifer Aniston, intérprete de Rachel Green, de que sua personagem e o par romântico Ross Geller (David Schwimmer) estariam juntos até hoje. Apesar de concordar, a diretora da série acredita que quem pode estar passando apuros com a relação dos pais é a filha do casal. "Emma estaria fazendo terapia", completou.