Diretora de "Verdades Secretas" relata assalto em Paris: "Esquema de duas quadrilhas"

·2 min de leitura
Amora Mautner (Reprodução Instagram)
Amora Mautner (Reprodução Instagram)

Amora Mautner, diretora de "Verdades Secretas 2", usou o Instagram da filha Julia para relatar um assalto que sofreu durante sua viagem para Paris. De acordo com ela, o ataque foi coordenado por duas quadrilhas gigantes que estão atuando na cidade francesa há algum tempo.

"Existem duas quadrilhas enormes aqui, ontem passei o dia na polícia e me explicaram isso. Levaram meu celular, chave, casaco e minha carteira. Graças a Deus a polícia recuperou a carteira por causa dos documentos", explicou ela, que alertou que os viajantes se cuidem durante as férias em Paris.

"Estou bem, mas gostaria de pedir pra vocês tomarem cuidado. Só vou conseguir recuperar meu chip no Brasil", completou.

Pronunciamento sobre fim de Verdades Secretas

A saída de Camila Queiroz da TV Globo perto de gravar as cenas finais de "Verdades secretas 2" fez com que o autor, Walcyr Carrasco, e toda a equipe precisasse pensar em alternativas para não prejudicar o público. Diretora da produção, Amora Mautner garante que o quebra-cabeças foi resolvido. Para isso, cenas foram reescritas, outros atores foram adicionados (a modelo, por exemplo, ganhou uma dublê) e recursos tecnológicos foram utilizados.

"Imagina que era um jogo de xadrez que estava fechando. Faltava no meio alguma peça para poder fazer sentido o cheque-mate. Walcyr tem uma cabeça de enxadrista, entrou, fez todas as conexões necessárias, recriou a lógica através de outras coisas para poder fazer sentido o final que ele queria. Nossa maior preocupação sempre foi que o público tivesse essa história da melhor forma possível pelo último capítulo. E eu estou feliz porque acho que conseguimos fazer isso", disse Amora à coluna de Mônica Bergamo, garantindo que foi tudo para fazer o final "que estava escrito".

Camila Queiroz deixou a TV Globo após fazer exigências contatuais inadmissíveis, segundo a emissora. A artista não estava satisfeita com o fim da personagem e, mesmo tendo contrato por obra com a empresa, a atriz queria uma garantia contratual de que estaria na terceira temporada. "Verdades secretas 3" já está confirmada, diz a diretora, que se limitou a comentar os desdobramentos contratuais da saída da paulista, que ela ajudou a revelar para o público.

"A gente não esperava nada disso, né? Foi muito difícil para todo mundo. Mas somos profissionais e nosso trabalho é esse, resolver problemas que apareçam. Sempre me dei bem com a Camila pessoal e artisticamente. A saída dela foi uma questão estritamente contratual. A Globo e o Ricardo (Waddington) foram muito claros, eu não tenho nada a acrescentar", explicou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos