Diretor Lee Daniels queria filme com super-herói gay: "talvez um branco consiga fazer"

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
US director Lee Daniels arrives for the 2019 Met Gala at the Metropolitan Museum of Art on May 6, 2019, in New York. - The Gala raises money for the Metropolitan Museum of Arts Costume Institute. The Gala's 2019 theme is Camp: Notes on Fashion" inspired by Susan Sontag's 1964 essay "Notes on Camp". (Photo by ANGELA  WEISS / AFP)        (Photo credit should read ANGELA  WEISS/AFP via Getty Images)
Lee Daniels (Photo by ANGELA WEISS / AFP) (Photo credit should read ANGELA WEISS/AFP via Getty Images)

Lee Daniels, diretor de Preciosa (2009) e da recém-finalizada série Empire, tinha um projeto para marcar história: um filme protagonizado por um super-herói gay. Em entrevista ao site Empire, ele lamentou que o seu projeto nunca tenha sido aceito por algum estúdio.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Eu estou tentando fazer um filme de super-heróis há um tempo. No auge de 'Empire', tentei fazer isso acontecer, um filme sobre um super-herói gay", disse o diretor, lembrando o sucesso do seu trabalho na TV. Exibida pela Fox, a série já foi a mais vista da TV dos EUA.

Leia também

"Eu já falei com bastante gente sobre isso. Talvez um cineasta branco consiga fazer. Talvez eles peguem minha ideia e entreguem para um cara branco", completou o diretor, abordando o privilégio branco no cinema.

Em Deadpool, um casal gay -Negasonic Teenage Warhead e Yukio - aparece em cena, mas sem protagonismo. A Marvel, no entanto, promete apresentar um casal gay masculino em Os Eternos, filme prometido para 2021.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.